Saúde

Você Pode Sim Criar Novos Neurônios para Sempre!

Hoje eu quero contar para vocês sobre um estudo inovador realizado na Columbia University. Ele confirma que suas células do cérebro não envelhecem. Na verdade, o que se descobriu é que você tem exatamente o mesmo número de células nervosas (ou neurônios) de quando era jovem.

Isso foi admitido inclusive como certo pelo diretor do Instituto Nacional de Saúde dos EUA…

Eles provaram que seu cérebro pode continuar criando novos neurônios para sempre. Portanto, a velha teoria de que cérebros humanos não podem construir novos neurônios, cai por terra!

Então, por que ocorre o declínio mental?

O que ocorre, na verdade, é que não é o número de células do seu cérebro que diminuem, mas sim, o número de células-tronco cerebrais e os vasos sanguíneos que as alimentam que diminuem.

Os cientistas da Columbia estudaram cérebros doados por pessoas idosas que morreram de causas naturais. Eles descobriram que os cérebros dos idosos tinham a mesma quantidade de novos neurônios que os jovens.

Além disso, eles também encontraram um número menor de células-tronco inativas, ou “quiescentes”, em uma área do cérebro ligada à resistência cognitivo-emocional.

Trata-se das nossas forças de reserva que alimentam nossa capacidade de aprender e se adaptar. Como podemos lidar ou nos recuperar de situações estressantes ou desafios mentais.

Com isso, fica claro que cérebros envelhecidos têm potencial ilimitado para permanecerem jovens… se eles tiverem fluxo de sangue suficiente.

4 Melhoradores do seu fluxo sanguíneo cerebral

1) Dimetilaminoetanol (DMAE)

Melhora a sua memória, pois aumenta os níveis do neurotransmissor do cérebro, a acetilcolina. Além disso, pode melhorar o humor, a consciência e a atenção. Reduz confusão e fog mental.

Nos alimentos, você pode obter algum DMAE em peixes selvagens como salmão e peixes pequenos e oleosos como sardinhas.

Estudos mostram 100 mg por dia melhora o funcionamento do cérebro.

2) Acetil-L-carnitina (ALC)

Este aminoácido conecta os seus neurônios mantendo sua mente afiada. Muitos estudos mostram que ele pode prevenir o envelhecimento cerebral e retardar o progresso das doenças cerebrais existentes. Além disso, restaura a função do fator de crescimento do nervo (FCN), que é uma proteína produzida no seu cérebro, responsável pelo crescimento e a manutenção de neurônios.

Com o envelhecimento, seus níveis de FCN diminuem, havendo a redução de performance das células cerebrais. Essa perda leva a doenças cerebrais degenerativas.

A ALC colabora na reversão dessa queda, estimulando o crescimento de seus neurônios. Seus benefícios não param aí, pois a ALC também atua como um antioxidante, interferindo na glicação avançada das proteínas, que gera radicais livres, e inibindo o acúmulo oxidativo nas células cerebrais.

A literatura demonstra bons resultados com cerca de 500 mg diários de ALC diariamente, desde que usado com o estômago vazio.

3) Krill Oil

 Esqueça o óleo de peixe normal. A maioria dos produtos de óleo de peixe vem de águas poluídas. Portanto, dê preferência ao óleo de krill, que provém de um camarão que não vive o suficiente para absorver grandes quantidades de toxinas. Além disso, vive quilômetros abaixo no oceano, longe da poluição da superfície.

Lembre-se que você precisa a nível cerebral de ácido graxo essencial, especialmente o ácido docosahexaenóico (DHA). Seu cérebro é 70% de gordura e o ômega-3 compõe 45% disso. As gorduras ômega-3 combatem o encolhimento do cérebro e a perda de memória. Um estudo de Oregon descobriu que pessoas com uma dieta rica em ômega-3 tinham cérebros maiores para a idade. Eles também pontuaram mais em testes de pensamento e memória.

Isso também se confirma em outro estudo, em Rhode Island, aonde as pessoas com maior consumo de óleo de peixe tinham maior volume cerebral no hipocampo e no córtex cerebral, exatamente as áreas ligadas à memória e ao aprendizado.

O DHA pode até mesmo ajudar a retardar a progressão da doença de Alzheimer.  Segundo uma pesquisa da Universidade da Califórnia, aonde os ratos receberam quantidades significativas de DHA, observou-se menor formação de placas de beta-amilóide, características de cérebros com Alzheimer.

As melhores fontes de ômega-3 de origem animal são peixe, ovos e carnes de animais criados a pasto. Peixes oleosos, como cavala, arenque, atum, salmão, truta e sardinha são algumas das fontes mais ricas.

É sabido que atualmente é quase impossível obter o suficiente de ômega-3 da sua dieta. Você provavelmente precisará complementar.

Os benefícios de aumento de cérebro, por exemplo, foram obtidos com 4-6 gramas por dia.

4) Treinamento supra aeróbico

Trata-se de um programa de HIIT, diferente dos usados para alto condicionamento, pois é progressivo, podendo ser usado por pessoas de qualquer idade. Está é uma das melhores estratégias para nutrir seu cérebro e permanecer ativo.

Ele promove um aumento de até 1400% da circulação cerebral.

Com esse treinamento, também haverá aumento da oferta de fator neurotrófico derivado do cérebro (BDNF). O BDNF é uma espécie de “hormônio de crescimento” para o cérebro. Esta proteína promove aumento de crescimento e geração de quase todos os tipos de células cerebrais, além de aumentar a vida útil das células existentes. E mais, ajuda o cérebro a desenvolver novas conexões neurais, as sinapses.

Quando os níveis de BDNF são altos, aprender coisas novas é fácil e memórias de longo prazo são preservadas. Além disso, as pessoas com os níveis mais altos de BDNF apresentam 50% menos risco de demência do que as pessoas com níveis mais baixos.

Para obter o maior benefício para o seu cérebro, opte por treinamento com intervalos curtos e de alta intensidade, como no programa supra aeróbico que descrevo no meu livro 20 Minutos e Emagreça.

É um treinamento com curtos períodos de atividade que aumentam de intensidade ao longo do tempo. Isso cria capacidade em seu coração e pulmões. Ele permite que mais sangue e oxigênio atinjam os órgãos que mais precisam deles, especialmente o cérebro.

Além disso, tem outras vantagens: é rápido e você pode fazer onde quer que esteja, independente do seu condicionamento. São só 20 minutos em dias alternados. Vai melhorar o seu corpo e os seus neurônios. Aproveite!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *