Alimentação

Você Joga Fora o Alho que Brotou?

Quem cozinha em casa provavelmente já passou por essa situação. Sabe quando você demora a usar o alho que comprou para temperar os alimentos e ele começa a brotar? Pois é, muita gente o joga fora, acreditando estar estragado e impróprio para o consumo…

Mas será que é isso mesmo? Segundo uma pesquisa publicada no Journal of Agricultural and Food Chemistry, pode ser um erro. Principalmente ao levar em conta as mudanças que ocorrem no vegetal por causa do seu processo de brotamento.

O que acontece é que, quando uma semente brota, ela libera uma série de novas substâncias para proteger a nova planta de patógenos. E, de acordo com o estudo de pesquisadores coreanos, ocorre o mesmo com o alho.

A grande descoberta é que os bulbos de alho que passaram por brotamento durante 5 dias tinham atividade antioxidante mais alta do que os bulbos novos. Na análise feita no laboratório o extrato do alho germinado foi capaz de proteger células de vários tipos de dano. Fantástico! 

Mais benefícios do alho

É importante lembrar ainda que há mais de 150 efeitos benéficos de saúde induzidos pelo alho, como:

  • redução do risco de doença cardíaca, como infarto e derrame;
  • normalização do colesterol e hipertensão arterial;
  • é efetivo contra bactérias resistentes a medicações;
  • proteção contra câncer, em especial de pulmão, próstata e cérebro.

Seu princípio ativo principal é o alicin, um composto que contém enxofre e lhe dá o cheiro característico, além de oligossacarídeos, flavanoides e proteínas ricas em arginina.

Ao esmagar o alho, ativa-se o alicin, cujo efeito terapêutico perdura por no máximo 1 hora. Portanto, use sempre na hora. E se estiver começando a brotar, não se preocupe, pois os benefícios ainda serão enormes!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *