Viajar a Trabalho Demais pode te deixar Ansioso e com Insônia!

Você costuma viajar a trabalho? Com que frequência? Olha, se isso acontece muito, podem haver algumas consequências para sua saúde e bem-estar. Talvez você já tenha até percebido…

Todos gostam de viajar, não é mesmo? Quando se viaja por prazer, como no caso de turismo, férias ou algum outro tipo de entretenimento, a tendência é ficarmos mais animados.

E pesquisas confirmam que nossa saúde também tem a ganhar. Estudos mostram que viajar pode:

  • Aumentar a sensação de bem-estar e a percepção de felicidade: até mesmo o ato de esperar pela viagem provoca uma mudança positiva no organismo.
  • Reduzir o estresse: ocorre pela redução dos níveis de cortisol, o hormônio relacionado à sensação estressante.
  • Aumentar a criatividade: pessoas que viajam mais tendem a ter mais flexibilidade mental, ou seja, a capacidade de se adaptar e pular entre diferentes ideias, inovando mais.

Por esses motivos, você deve estar imaginando que qualquer tipo de viagem pode trazer benefícios, certo? Mas há alguns detalhes a se considerar…

Como viajar a trabalho afeta sua saúde

Quando se trata de viagens excessivas a trabalho, parece que a coisa muda de figura. Pelo menos é o que diz uma pesquisa da Columbia University’s Mailman School of Public Health, nos Estados Unidos.

Os pesquisadores analisaram dados referentes aos níveis de ansiedade, depressão e consumo de bebida alcoólica de mais de 18 mil trabalhadores que fizeram avaliações de saúde no ano de 2015.

Foram comparadas pessoas que viajaram a trabalho por cerca de 2 semanas ou mais por mês com aquelas que viajaram apenas de 1 a 6 noites mensalmente.

A conclusão foi de que os primeiros relataram muito mais sintomas de ansiedade e depressão do que os segundos. Além disso, eles eram mais sedentários, tinham problemas para dormir e os que bebiam apresentaram maior tendência ao alcoolismo. Frutos do estresse – e algo realmente preocupante!

O que fazer

Se você costuma viajar a trabalho com frequência, precisa tomar alguns cuidados por contra própria. E, segundo um dos pesquisadores, o Dr. Andrew Rundle, as empresas também precisam ter políticas que apoiem a saúde desses funcionários. Assim, todos saem ganhando:

“No nível individual, os funcionários que viajam extensivamente precisam assumir a responsabilidade pelas decisões que tomam em relação a dieta, exercícios, consumo de álcool e sono.

No entanto, para fazer isso, […] provavelmente precisarão de apoio na forma de educação, treinamento, e uma cultura corporativa que enfatize viagens de negócios saudáveis. Os empregadores devem fornecer aos funcionários que viajam a negócios acomodações que tenham acesso a instalações de atividade física e opções de alimentação saudável.”

Sabemos que, no mercado de trabalho moderno, esse tipo de viagem é inevitável. Então, quando forem muito extensas e frequentes, sempre é bom redobrar a atenção com seus hábitos.

Quando houver sinal de problemas, não espere: procure ajuda. Sua saúde é coisa séria!

Referências bibliográficas:

  • https://www.drrondo.com/viajar-faz-bem-para-sua-saude-mental/
  • Waiting for Merlot: Anticipatory Consumption of Experiential and Material Purchases. Amit Kumar, Matthew A. Killingsworth, Thomas Gilovich,. August 21, 2014; Issue published: October 1, 2014
  • Fashion with a Foreign Flair: Professional Experiences Abroad Facilitate the Creative Innovations of Organizations. Academy of Management Journal. Vol. 58, No. 1
  • Travel is the best medicine, study finds. Los Angeles Times. December 17.
  • Feel anxious? Have trouble sleeping? You may be traveling for business too often. Eurekalert.com. 8. Jan. 2018.
< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




























               Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link