Uma Aliada Natural Contra a Dores Crônicas

Só quem sofre com as dores crônicas sabe como é. Ela não apenas consome o indivíduo fisicamente, mas também prejudica a saúde mental com o incômodo.

Inclusive, para a ciência já é clara a relação entre dor crônica e quadros depressivos.

Afinal, muitos desses pacientes sentem-se extremamente desanimados ao não encontrarem uma forma de eliminar as dores de uma vez por todas.

Esse estado mental constante pode levar à depressão, prejudicando ainda mais a saúde geral.

Então, o que fazer?

Segundo alguns pesquisadores americanos, aprender a lidar com a dor é uma solução. E há uma aliada forte para isso…

Ajudando sua mente a lidar com as dores crônicas

Em um estudo recentemente publicado no Journal of the American Osteopathic Association, voluntários que sofriam de dores crônicas foram orientados a uma nova forma de enfrentar o problema:

Técnicas de meditação, especialmente a mindfulness, ou “atenção plena”, onde o indivíduo foca a mente no presente sem julgamentos.

Os participantes da pesquisa receberam instruções de como praticar esse tipo de meditação, além de aulas de ioga.

Ao final do estudo, eles passaram por questionários, e a grande maioria – 89% – disse que o programa de mindfulness os ajudou a lidar melhor com as dores crônicas.

Segundo a Dra. Cynthia Marske, uma das pesquisadoras responsáveis, o que ocorreu nesse caso não foi uma cura em si, mas uma melhora geral na estrutura e função corporal, apoiando a saúde e minimizando o impacto das dores.

Ela complementa:

“Com a dor crônica, a ‘cura’ envolve aprender a conviver com um nível de dor que é administrável. Para isso, ioga e meditação podem ser muito benéficas.”

E não foi só a percepção de dor que reduziu nesses voluntários.

Ao responderem os questionários do estudo, eles mostraram redução na pontuação indicativa de depressão.

Os pesquisadores acreditam que o mindfulness e outras formas de meditação podem assim ser um tratamento auxiliar para esses pacientes com dores crônicas.

Melhorando a percepção da dor e ajudando a enfrentá-la, garante-se mais qualidade de vida e saúde!

Meditar é melhor que tirar férias!

É por tudo isso que as pesquisas indicam a meditação como uma forma de aliviar a tensão do dia a dia.

Uma delas comprovou até que quando se medita diariamente, se obtém mais bem-estar do que quando tiramos férias.

Isso porque o efeito das férias é passageiro, e nos estressamos novamente assim que voltamos a trabalhar.

Já a meditação contínua e diária mantém os níveis de estresse e ansiedade sempre controlados.

E tem mais…

A ciência comprova que quando meditamos, alteramos algumas estruturas do DNA, como os telômeros.

A meditação ativa a telomerase, enzima que promove o crescimento do telômero e garante assim o rejuvenescimento.

Portanto, a dica é simples:

Faça algum tipo de meditação, seja a mindfulness ou outra prática, como a yoga.

Clique aqui e veja um post com dicas para começar agora.

Mente e corpo sãos: tudo o que precisamos para uma Supersaúde!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




























               Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link