Saúde

Tempo Frio: Cuidados para Não ficar Doente

Com a chegada do frio ou em qualquer mudança térmica, é muito frequente você ver as mães já serem pró-ativas e agasalharem seus filhos, o mesmo que a sua mãe também fazia ou pedia que fizesse.

Mais um conselho de mãe que tem fundamento, pois as pesquisas recentes demonstraram que, embora os vírus desencadeiem seus sintomas, o clima frio tem um impacto significativo sobre a possibilidade de “pegar” um resfriado.

A maioria dos resfriados estatisticamente ocorre nos meses de outono e inverno.

Nesta época, há maior proliferação de cerca de 200 tipos de vírus que são responsáveis pelos sintomas.

É importante entender que o resfriado comum é desencadeado por um vírus e não por bactérias. Seus sintomas são facilmente reconhecíveis, incluindo coriza, dor de garganta, olhos irritados e febre baixa

A duração da doença é de uma a duas semanas e requer apenas cuidados de suporte em casa.

Estatisticamente, as crianças podem ter entre 6 e 10 resfriados a cada ano e o adulto médio sofre entre dois a quatro episódios / ano.

Recentemente os pesquisadores da Universidade de Yale descobriram que a temperatura fria enfraquece sua primeira linha de defesa imunológica na mucosa nasal.

Nestas temperaturas mais frias, o sistema imunológico responde mais lentamente.

Importância da febre

Novas descobertas sugerem que o seu corpo desenvolve febre para aumentar a eficácia do seu sistema imunológico para combater invasores bacterianos e virais.

A febre normalmente está associada com infecção e inflamação do corpo.

Valores de temperatura normal são por volta de 36,5º C, podendo variar 1º C para mais ou para menos. Acima disso, já é condição febril.

Embora eficaz em ajudar o corpo a combater infecções, às vezes a febre pode ficar muito alta. Para temperaturas acima de 38º C é aconselhável tratamento, portanto, procure assistência médica.

Como você pega o resfriado

Há varias formas de contaminação:

  • contato físico direto com um dos cerca de 200 vírus que podem desencadear sintomas.
  • cumprimentar com um aperto de mão alguém que tem um resfriado, ou espirrando perto do rosto ou por contato com o corpo.
  • tocando na maçaneta da porta, no teclado do computador, nos equipamentos da academia, cardápios ou no utensílio onde o vírus da gripe foi depositado e depois tocar seu rosto ou nariz.

Pode haver contaminação por pessoas que estão excretando o vírus pelo menos 24 horas antes de ficarem doentes.

Uma vez em contato com o vírus, este se aloja na mucosa da garganta ou nariz, estimulando o sistema imunológico do corpo enviar leucócitos para defesa. Se você criou anticorpos para este vírus no passado, a luta não dura muito tempo. No entanto, se o vírus é novo, seu corpo envia reforços para lutar, inflamando o nariz e a garganta.

Fatores que aumentam seu risco potencial de resfriado

  • Outono/Inverno: o vírus do resfriado é transmitido com maior facilidade durante os meses de clima frio, quando muitos passam horas em ambientes fechados, colocando-os próximos aos que estão doentes. O ar seco nos meses de frio pode secar as membranas mucosas, tornando os sintomas de um resfriado muito piores.
  • Idade: nas crianças menores de 6 anos o sistema imunológico ainda está em desenvolvimento, portanto sem resistência a muitos vírus.
  • Sistema imunológico enfraquecido: desencadeado por falta de sono e estresse psicológico.
  • Tabagismo: os pesquisadores descobriram que aqueles que fumavam tinham um risco muito maior de desenvolver um resfriado do que os não fumavam. Além disso, apresentavam um risco maior de desenvolver infecções subsequentes.
  • Exposição: se você estiver em uma situação em que os outros estão em contato próximo, como uma escola, creche, avião, ônibus ou metrô, o risco de desenvolver um resfriado aumenta.

Medidas para prevenir resfriados

É importante melhorar o sistema de defesa imunológico, pois o clima frio compromete a imunidade. Para isso, é aconselhável:

Vitamina C

Os estudos mostram que a vitamina C está intimamente envolvida no funcionamento do sistema imunológico. Portanto, manter níveis adequados desta vitamina colabora na prevenção ou redução do tempo de doença.

Nesse período de frio, aconselha-se então a suplementação regularmente da vitamina C. Quanto maior a dose que você toma, melhores são os resultados durante esse período.

Níveis ótimos de vitamina C aumentam a proteção de morte por qualquer causa.

A suplementação deve ser feita com critério médico, pois doses elevadas podem causar diarreia. Os estudos aconselham que se use de 3 a 4 gramas, de hora em hora, nos períodos de doença.

Enfatize alimentos ricos em vitamina C como: Kiwi, acerola, frutas cítricas, pimentão vermelho, brócolis, couve de Bruxelas, abóbora, mamão, batata doce e tomate.

Vitamina D

Procure manter níveis ótimos de vitamina D, tanto é que os estudos mostram que promovem maior efeito protetor que a própria vacina de gripe.

É um hormônio esteroide com poderosas ações antimicrobianas envolvidas na produção de 200 a 300 peptídeos no organismo responsáveis ​​pelo combate a bactérias, vírus e fungos. Mantenha níveis ótimos de vitamina D (entre 80 e 100ng/mL) e assim terá menor o risco de desenvolver um resfriado ou uma gripe.

Segundo estudo com mais de 19.000 americanos, correlacionou-se os níveis de vitamina D e incidência de gripes e resfriados. Quanto maior o nível de vitamina D menos manifestação gripal.

Sua melhor fonte é a exposição ao sol.  Nos casos de suplementação oral de vitamina D3, é aconselhável associar a vitamina K2 (MK4 ou MK7), protegendo suas artérias e direcionando o depósito de vitamina D nos locais corretos.

A vitamina D é fundamental na prevenção também de câncer, doença cardiovascular, diabetes, depressão, obesidade e muito mais.

Não adianta usar antibióticos para resfriados, pois eles não afetam seus sintomas. Só tem eficiência contra bactérias e não vírus. Mas, no caso de você desenvolver uma infecção bacteriana secundária aí sim pode ter indicação.

As medicações convencionais de farmácia só agem reduzindo sintomas, e não encurtando o período de doença.

Peróxido de hidrogênio

Você sabia que a água oxigenada é uma substância natural que o seu corpo produz? E é justamente para combater doenças, sem qualquer efeito colateral. São os seus glóbulos brancos que a produzem, usando-a como uma tropa de choque para aniquilar germes invasores!

Tem ação bem eficiente em gripes e resfriados. Clique aqui para ver o post e aqui se quiser assistir ao vídeo do meu canal do Youtube, onde explico como deve ser usada.

Ela é a sua 1ª linha de defesa, além de ser a melhor opção contra infecções causadas por bactérias, fungos, parasitas e qualquer invasor estranho. No tempo do frio, ela pode ser uma grande aliada!

Referências bibliográficas:

  • Journal of Infectious Diseases, 1990; 162(6):1277
  • Web MD, Understanding the Common Cold
  • Nova Next, Scientists Finally Prove Why Cold Weather Makes You Sick
  • Green Med Info, Multiple Sclerosis
  • Cochrane Database of Systematic Reviews, Vitamin C for Preventing and Treating the Common Cold
  • Linus Pauling, Vitamin C
  • National Institutes of Health, March 9, 2009
  • Journal of the American Medical Association, 2009;169(4):384
  •  Science Daily, July 7, 2015
  • PNAS, 2015;112(3):827
  • Journal of the American Medical Association Ophthalmology, 2015;133(10):1171
  • News, August 28, 2015
  • Med PageToday, August 20, 2015
  • www.drrondo.com/5-usos-agua-oxigenada/
  • www.drrondo.com/vitamina-d-melhora-hipertensao/
  • www.drrondo.com/vitamina-c-cancer/
< Artigo AnteriorPróximo Artigo >
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 300 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER
close-link

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 300 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre saúde e alimentação!
Conquiste uma super saúde agora!
(É GRÁTIS)
QUERO RECEBER
close-link

Tempo Frio: Cuidados para Não ficar Doente