Bem-Estar

Smartphones Comprometem a Conexão entre Pais e Filhos?

Muito do que suspeitamos como verdade, quando confirmado em um ambiente científico pode, muitas vezes, ajudar a aumentar a conscientização do público e melhorar o relacionamento entre pais e filhos. Veja só: cerca de 95% dos usuários de smartphones admitem ter usado os aparelhos durante sua última reunião social.

Apesar dos smartphones terem sido projetados para nos conectar com outras pessoas, esse uso pode criar uma fonte de distração que nos desconecta das pessoas em nosso ambiente social.

Com certeza você já presenciou, várias vezes, quando uma família senta à mesa em um restaurante e, em seguida, cada um examina os seus celulares antes que a comida chegue. Além disso, eles verificam seus telefones repetidamente enquanto comem.

Agora imaginem no seu dia a dia de convívio familiar…

Você vai se surpreender com o que as estatísticas mostram sobre o uso do celular, pois a maioria das pessoas verificam seus smartphones 150 vezes por dia, ou seja, a cada seis minutos.

Além disso, sentem que é urgente responder imediatamente as mensagens…

Com isso, você mantém o seu sistema nervoso constantemente desafiado, fazendo com que você fique desfocado do convívio social e cansado o tempo todo.

Mesmo assim, 46% das pessoas dizem que não poderiam viver sem seus smartphones e que até preferem mensagens de texto em vez de conversas da vida real.

Recentemente foi divulgado um estudo chamado “Smartphones desfocam os pais de cultivar sentimentos de conexão no convívio com os seus filhos.”

Os autores fizeram uma pesquisa de campo onde dividiram os pais em dois grupos:

  • um que usava seus telefones raramente em torno de seus filhos
  • outros que usavam seus telefones com frequência

Os pesquisadores concluíram que o uso frequente do telefone levou os pais a se sentirem mais distraídos, o que, por sua vez, prejudicou os sentimentos de conexão social e o significado que os pais obtinham ao passar tempo com seus filhos.

E isso ficou reforçado em outros estudos também.

Este é um poderoso lembrete para todos nós que somos pais. Quanto mais tempo passarmos em smartphones em torno de nossos filhos, pior será nossa qualidade de conexão com eles.

Muitos de nós nos tornamos escravos dos smartphones, que na verdade deveriam nos libertar, dando-nos mais tempo para experimentarmos a vida e as pessoas que amamos.

E imagino que quando estiver com bastante idade, relembrando minha vida, minha conexão com meus filhos estará no topo da lista em termos do que é valioso e importante em minha vida. Checar as notícias, responder e-mails e tudo o que eu faço no telefone seria de pequena importância…

Às vezes, é útil ser lembrado do que é mais importante. Pense nisso!

Referências bibliográficas:

  •  Journal of Advanced Research March 2013; 4(2): 181-187
  • Scientific American, April 27, 2012
  • CNN July 29, 2016
  • The New York Times January 9, 2017
  • Environmental Research March 7, 2018
  • www.drrondo.com/smartphone-te-deixando-doente/
< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *