Alimentação

Shitake, o Supercogumelo

Você gosta de cogumelos shitake? Escrito dessa forma, o nome desse cogumelo está já “aportuguesado”. Ele vem do japonês, com duas letras i – shiitake – onde “také” significa cogumelo e “shii” o nome da árvore onde eles foram descobertos crescendo.

Nomes à parte, vamos ao que nos interessa… O que o shitake pode fazer pela sua saúde! Em primeiro lugar, eles são muito conhecidos por serem uma boa fonte não-animal de proteínas. 100 g desse cogumelo possuem cerca de 10 g de proteínas.

Sem dúvidas este é um alto teor proteico, embora eu sempre precise lembrar que as melhores fontes de proteínas são os animais criados a pasto. São mais completas e com outros benefícios alimentares agregados.

Mas além das proteínas, há muito no shitake que você deve levar em consideração. Vamos falar um pouco mais sobre o assunto!

Shitake e colina

A colina é o principal elemento na geração de acetilcolina, um macronutriente relacionado às vitaminas do complexo B. Ela é crítica para a síntese de DNA, função cerebral e um sistema nervoso saudável. Por conta disso, é fundamental também para grávidas e para o desenvolvimento das crianças.

Hoje, cerca de 90% das pessoas são deficientes de colina, ficando suscetíveis a problemas de memória, de sono, irritabilidade, fadiga e doenças como o Alzheimer. Os cogumelos shitake são uma boa fonte de colina, junto com ovos e carnes de animais criados a pasto.

Fortalecimento do sistema imunológico

Por serem ricos em proteínas, fibras, vitamina C, vitamina B, cálcio e outros minerais, os cogumelos são ótimos para fortalecer a sua imunidade. Mas não é só isso…

Eles contêm beta-glucan, uma substância com propriedades estimulantes do sistema imunológico. Além do shitake, outros cogumelos como o reishi e maitake tem capacidade de modular e aliviar o sistema imunológico. Não é a toa que sempre foram usados com fins medicinais!

Outras pesquisas sobre o shitake

Pesquisas inovadoras com esse tipo de cogumelo têm se mostrado surpreendentes. Um estudo de 2002 utilizou lentinan, uma proteína com propriedades antifúngicas encontrada no shitake, para reduzir pequenos tumores.

Já em outra pesquisa, o extrato de shitake se mostrou eficaz no combate a infecções por HPV em mulheres. Uma prova de todo o potencial medicinal desse alimento incrível!

Então, o que está esperando? Aproveite essa maravilha nas suas receitas! Além de muito sabor, você ganha em saúde e bem-estar!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *