Alimentação

Shake para Emagrecer: Bom ou Ruim?

Cada vez mais, os shakes de proteínas que são usados por esportistas que fazem exercício resistido (musculação), estão sendo consumidos por pessoas com o objetivo de emagrecer, inclusive até por grávidas! Eles os usam como substituição de refeições…

Segundo teste realizado em 15 desses shakes de proteínas pelo Consumer Reports recentemente, muito desses produtos estão contaminados com metais pesados como arsênico, cádmio, chumbo e mercúrio.

As consequências de estar recebendo, de forma inesperada, essa dose diária potencialmente tóxica, jamais poderiam passar na sua cabeça!

Essa somatória de toxinas, além de terem sua ação desfavorável isoladamente, também podem agir sinergicamente com outras toxinas, potencializando os efeitos indesejáveis.

Os metais mais importantes nessa avaliação foram o arsênico eo cádmio, pois os níveis desses dois compostos excederam em alguns casos os limites máximos “seguros”, apesar de até mesmo a exposição de baixa dose pode contribuir para persistentes problemas de saúde. Veja:

Arsênico

A exposição ao arsênico pode causar náuseas e vômitos, diminuição da produção de glóbulos vermelhos e brancos, ritmo cardíaco anormal, danos nos vasos sanguíneos e sensação de “pinos e agulhas” em suas mãos e pés. A exposição a longo prazo tem sido associada ao câncer de bexiga, pulmões, pele, rim, vias aéreas superiores, fígado e próstata.

Cádmio

É um carcinógeno bem reconhecido. Promove o dano e reparação do DNA. Acumula-se com frequência em pulmões e rins.

Esses metais tóxicos tendem a se acumular em seu corpo ao longo do tempo, causando danos irreparáveis. É aconselhável que se faça uma avaliação dos seus níveis de metais tóxicos e, caso necessário, existem programas de desintoxicação de metais pesados

Além disso, a prevenção, evitando-se as fontes de contaminação, é importante.

Outro produto que muitos ainda acreditam ser maravilhoso…

Na década de 90 surgiu um “novo alimento milagroso”, a soja, e até hoje é consumida especialmente nos shakes de emagrecimento. Esse produto traria também benéficos para a saúde, reduzindo o colesterol, eliminando os flashes de calor, além de proteger contra o câncer de mama e de próstata.

Só tem um problema…

A maioria dessas afirmações é falsa.

E agora a situação piorou: Soja transgênica

Cerca de 90 a 95 % da soja cultivada no Brasil e certamente no mundo são transgênicas.

Esse processo de transgenia faz com que a planta seja projetada para conter Roundup, o que significa que é projetada para suportar doses pesadas de herbicidas sem ser danificada.

E o que isso causa?

Nas mulheres

Comprometimento do ciclo reprodutivo feminino, levando à infertilidade. É tóxico para a placenta, levando ao aborto.
Defeitos congênitos em crianças cujas mães foram expostas até a uma pequena quantidade de glifosato.

Nos homens

Perda de libido e disfunção erétil. As duas drogas naturais encontradas na soja, genisteína e daidzeína, imitam o estrogênio tão bem que eles têm sido conhecidos por causar uma variedade de efeitos colaterais alarmantes nos homens:

  • Aumento do peito (ginecomastia)
  • Diminuição do crescimento dos pelos faciais e corporais
  • Diminuição de libido
  • Oscilação de humor e crises de choro frequentes
  • Disfunção erétil
  • Diminuição da contagem de espermatozoides

Whey Protein: uma alternativa mais segura e saudável

O Whey Protein é um subproduto do leite e queijo, e considerado por muitos especialistas como padrão ouro de proteína. É um suplemento muito saudável para a sua dieta e uma excelente fonte de proteína.

Não recomendo que se use qualquer Whey Protein pelos riscos de contaminação com metais tóxicos que podem estar presente nos sistemas convencionais de manejo de animais, por usarem fertilizantes que contém cádmio, ao contrário de fazendas orgânicas que não usam esses fertilizantes tóxicos.

A maioria dos Whey Protein comerciais são derivados de laticínios pasteurizados e processados com calor e ácidos. Além disso, quase todos contêm corantes e adoçantes artificiais.

Esses são fatores que desqualificam esses produtos…

Nem todo Whey Protein é igual

O produto de qualidade é produzido a partir do leite de vacas alimentadas pastoreando no capim, sem pesticidas, não tratadas hormonalmente, não pasteurizado e ser minimamente processado à frio, pois o calor destrói as estruturas moleculares frágeis contidas no Whey Protein.

Nessa situação haverá a preservação de imunoglobulinas, albumina e lactoferrina, além dos principais aminoácidos, enzimas, compostos produtores de glutationa, triglicérides de cadeia média (TCM) que o tornam facilmente digerível, e outros nutrientes benéficos que também são reduzidos nos produtos pasteurizados.

Adoçado naturalmente e com pouco carboidrato.

E lembre-se, para isso, o Whey Protein deve ser concentrado e não de proteínas isoladas, o que traz perdas importantes dos componentes nutricionais – o marketing alega ser o melhor, mas não é verdade. Fique atento!

Benefícios do Whey Protein

  • Melhora a produção de insulina
  • Garante ótima absorção de proteínas, gorduras e carboidratos
  • Estimula o seu sistema imunológico, por conter imunoglobulinas
  • Melhora massa magra
  • Estimula produção de glutationa, o mais poderoso antioxidante corpóreo
  • Desintoxica a célula
  • Protetor contra agressores ambientais

Outra Opção Saudável: Smoothies Verdes

Quando você inclui as porções certas de vegetais e frutas na sua alimentação diária, além de melhorar a sua saúde de forma geral – pois ingerimos rotineiramente muito pouca quantidade de fibras – certamente terá melhores resultados no emagrecimento, obesidade e diabetes.

Mas os benefícios não param por aí, pois você reduzirá seus riscos de desenvolver doenças crônicas, como câncer, artrite, doenças cardíacas e derrames.

Um smoothie verde consiste em 40% de frutas orgânicas (fresca ou congelada) e 60% de vegetais folhosos verdes, misturados em um processador ou liquidificador de alta potência.

Não confunda com smoothie de frutas ou shakes de frutas ou vegetais vendidos em bares especializados em sucos e restaurantes, que não têm os benefícios terapêuticos que um smoothie verde, fresco, feito em casa, tem.

Diferente dos sucos de frutas e vegetais, smoothies verdes são um alimento completo, pois contêm as fibras benéficas (enquanto que nos sucos se descartam fibras) e garantem uma melhor assimilação dos nutrientes.

Os sucos de frutas promovem aumento da sua insulina, o que aumenta o risco de desenvolver obesidade, diabetes e doença cardiovascular.

E isso leva menos de 3 minutos para ser preparado!

Quer saber mais? Confira as receitas aqui no site ou veja meu livro Mude a sua vida com os Super Nutrientes.

Referências bibliográficas:

– Journal of the American College of Nutrition, 2000;19(2):242-255
– Endocrinology Practice, 2008 May-June;14(4):415-8
– American Journal of Epidemiology, 2009;169(4):489-496
– ConsumerReports.org July 2010
– Food Consumer, September 22, 2010
-PAN AP Monograph on Glyphosate
– Livro 20 Minutos e Emagreça. Editora Gaia
– Livro Mude a sua vida com os Super Nutrientes

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER
close-link