Seus Cabelos vão ficar Incríveis com o Óleo Essencial de Bardana!

Os óleos essenciais são realmente fantásticos, tanto para sua saúde quanto para sua beleza. É por isso que alguns deles são utilizados em fórmulas comerciais industrializadas. O problema é que nesses casos são acrescentados outros químicos potencialmente perigosos! Que tal ficar somente com a parte natural? É por isso que hoje vou comentar sobre o óleo essencial de bardana!

A bardana (Articum lappa) é uma planta originária do continente europeu que acabou também se desenvolvendo plenamente na América do Norte. O óleo essencial de bardana, ou óleo de bardana, como também é conhecido, é extraído das folhas e das raízes.

Os indígenas americanos a usavam para fazer doces, enquanto a medicina popular a conhece por seus efeitos diuréticos. Mas ela ficou realmente mais conhecida pelos seus benefícios para o cabelo e o couro cabeludo.

Óleo essencial de bardana para cabelos bonitos e saudáveis

O óleo essencial de bardana contém grandes quantidades de vitamina A e ácidos graxos essenciais de cadeia longa, que fortalecem e nutrem o couro cabeludo. Isso também gera um bom suporte para a normalização do funcionamento das glândulas sebáceas e dos folículos capilares.

É assim que o óleo de bardana pode, ao mesmo tempo, ajudar no combate à caspa e outras irritações do couro cabeludo e promover um crescimento fortificado de cabelos saudáveis e bonitos.

Outros usos tradicionais

  • Tratamento de pequenos arranhões
  • Combate à acne
  • Redução de dores nas articulações

Cuidados com o óleo de bardana

Em geral, mulheres grávidas ou amamentando devem evitar o uso deste e outros óleos essenciais. Além disso, ele pode causar irritação em pessoas alérgicas a certos tipos de flores. Portanto, é sempre bom conversar com o seu médico antes de qualquer decisão.

Nunca substitua nenhum tratamento que já esteja fazendo e sempre aja conforme as orientações. Dessa forma você terá cabelos radiantes sem nenhum efeito colateral indesejado. Supersaúde!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




























               Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link