Seus Cabelos Brancos Podem Voltar ao Normal! (Mas só Nesses Casos…)

Os cabelos brancos dividem opiniões.

Alguns não se importam, e até veem certa elegância nos fios grisalhos.

Outros tentam disfarçar de qualquer forma, buscam produtos milagrosos para “voltar à cor original” ou apelam para as tinturas.

Se você está no segundo grupo, é provável que goste dos resultados de uma nova pesquisa divulgada recentemente.

Pesquisadores do Columbia University Irving Medical Center, nos Estados Unidos, desenvolveram um novo método para analisar as modificações de cor nos cabelos.

Trata-se de um scanner de alta resolução que capta minúsculas porções do cabelo dos voluntários, conseguido observar variações mínimas da tonalidade capilar.

Com essa ferramenta em mãos, eles decidiram avaliar alguns voluntários para testar uma hipótese já conhecida…

De que o estresse é um causador dos cabelos brancos.

Será que eles confirmaram esses achados?

Eles compararam as variações de cor nos fios de cabelo dos participantes com seus dados sobre níveis de estresse…

Foi então que veio a surpresa…

Houve casos em que eles viram os cabelos voltarem à cor original!

Um dos voluntários, por exemplo, foi avaliado antes de sair de férias…

Depois disso, 5 fios de seu cabelo voltaram a ficar mais escuros, mostrando que a reduzir o estresse reduziu também os cabelos brancos!

Claro que isso só foi possível na análise detalhada, pois a olho nu seria impossível observar a mudança.

Só conseguimos notar quando há uma mudança de cor significativa em grande parcela do cabelo.

Mas uma coisa é certa: ficou comprovado que a redução do estresse pode sim prevenir os cabelos brancos e até fazer alguns fios voltarem a cor natural.

Os pesquisadores lembram ainda que não estamos falando de um processo milagroso…

Se você já está com a idade avançada e boa parte dos fios já grisalhos, reduzir seu estresse não vai automaticamente fazer sua cabeleira voltar à cor de antigamente…

Esse benefício é válido para aqueles fios que estão apenas começando a embranquecer.

Portanto, a dica é evitar o estresse. O que, aliás, é bom para vários outros marcadores de saúde.

Mais formas de prevenir os cabelos brancos

Como vimos, até podemos minimizar os cabelos brancos controlando o estresse.

Mas em algum momento eles se tornam inevitáveis com o envelhecimento. A alternativa, portanto, é retardar seu aparecimento.

Além de minimizar o estresse, vamos relembrar algumas dessas dicas para manter a cor natural dos seus cabelos por mais tempo:

1 – Evite o cigarro. O tabagismo está associado ao envelhecimento precoce do cabelo, inclusive antes dos 30 anos de idade.

2 – Alimente-se bem. Consumir vitaminas, minerais e alimentos antioxidantes reduz o estresse oxidativo (causado por alimentação inadequada, poluição e o estresse), sendo outro causador dos cabelos grisalhos.

3 – Vitamina B12. A falta dessa vitamina importante, além de estar ligada às demências, pode estar relacionada aos cabelos brancos mais cedo.

4 – Controle suas doenças autoimunes. Se você tem alguma delas, saiba que muitas podem comprometem as células ciliadas, consequentemente promovendo o embranquecimento dos fios de cabelo.

5 – Tome sol. Pois os folículos capilares necessitam da vitamina D. Todo seu corpo precisa receber a luz solar para gerar essa vitamina, e só assim ela ajuda o seu cabelo.

Ah! Mesmo que você não se importe com os cabelos brancos, siga essas dicas.

Afinal, elas são fundamentais para manter de uma Supersaúde!

Referências bibliográficas:

  • Ayelet M Rosenberg, Shannon Rausser, Junting Ren, Eugene V Mosharov, Gabriel Sturm, R Todd Ogden, Purvi Patel, Rajesh Kumar Soni, Clay Lacefield, Desmond J Tobin, Ralf Paus, Martin Picard. Quantitative mapping of human hair greying and reversal in relation to life stress. eLife, 2021; 10 DOI: 10.7554/eLife.67437.
  • Columbia University Irving Medical Center. “Stress can turn hair gray — and it’s reversible, researchers find.” ScienceDaily. ScienceDaily, 22 June 2021.
  • Cabelos Brancos: Há Como Evitar?www.DrRondo.com
< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *






















                           Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link