Prevenção

Seu Smartphone tem Mais Bactérias que o Vaso Sanitário!

Amigo, deixa eu te perguntar uma coisa… Você leva seu smartphone pra todo lugar? Usa a todos os momentos? Agora pense: quantas vezes você já limpou esse aparelho? Será que ele está cheio de bactérias? Como você deve estar imaginando, a resposta é um grande SIM.

Já tínhamos os problemas com as ondas emitidas pelos telefones e a luz azul artificial que literalmente tem tirado nosso sono. Além disso, todas as pesquisas que fazem análise do número e tipos de bactérias encontradas nos smartphones trazem dados alarmantes. Vou citar aqui somente 3 que vão te dar uma ideia do problema.

Pesquisadores de uma universidade da Estônia analisaram os aparelhos de estudantes do ensino médio. Foram encontrados nesses celulares nada mais nada menos que 17 mil cópias de genes bacterianos. Dentre as bactérias estavam Staphylococcus aureus, Acinetobacter spp., Pseudomonas spp., Bacillus cereus e Neisseria flavescens.

Outro estudo, dessa vez feito pelo Departamento de Microbiologia da Universidade de Barcelona, na Espanha, observou somente as telas dos celulares.

Só nessa pequena parte de cada smartphone – aonde você passa os seus dedos toda hora – eles encontraram 600 tipos de bactérias diferentes. E você sabe quantos tipos existem no seu vaso sanitário? Cerca de 20! Ou seja, essa pesquisa encontrou 30 vezes mais bactérias nos smartphones do que no vaso sanitário!

Por fim, uma pesquisa da Universidade do Arizona encontrou dados um pouco menores, mas ainda muito preocupantes. As amostras apontaram uma média de 10 vezes mais bactérias em cada smartphone do que em sanitários. Eu sei, é algo asqueroso de se pensar, mas precisamos ficar alerta!

Por que isso acontece?

Os pesquisadores são unânimes em afirmar que a contaminação é culpa de nossa falta de cuidado. Como estamos sempre com o smartphone, dificilmente lavamos as mãos antes de usá-lo. Então, acabamos fazendo essa transferência bacteriana ao manusear o aparelho com as mãos sujas.

Além disso, os levamos para todos os lugares… Tenho certeza que você conhece alguém que vai até ao banheiro com o celular! Essa é mais uma possibilidade de contaminação com germes – que não deveriam nunca sair da área do seu “trono”.

A melhor forma de se proteger, portanto, é a prevenção. Lave as mãos regularmente e evite levar seu smartphone ao banheiro.

Você pode também desinfetá-lo: os especialistas no assunto recomendam um pano úmido com uma mistura de 60% de água e 40% de álcool isopropílico, muito usado na limpeza de eletrônicos. Se isso não for possível, até mesmo um pano de microfibra seco pode ajudar.

Lembre-se sempre que medidas simples de higiene podem livrá-lo de germes e as consequentes doenças causadas por eles. Vale a pena ficar de olho! A prevenção é a melhor medicina e um caminho para a Supersaúde!

Referências bibliográficas:

  • Germs. 2017 Jun; 7(2): 73–77.
  • Why your cellphone has more germs than a toilet. The University of Arizona. 15. Sep. 2012
  • Estadão Ciência. 27. Nov. 2015.
< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *