Será esta a Resposta para se Chegar aos 100 Anos de Idade?

Quando perguntamos às pessoas o que elas querem para o futuro, pode ter certeza de que a maioria vai dizer que deseja uma vida boa e longa. Mas como conquistar este feito? Não é tão comum que cheguemos aos 100 anos de idade, ainda mais esbanjando saúde.

Mas esses indivíduos existem! Então, qual é o segredo? Alguns pesquisadores da Washington State University, nos Estados Unidos, tentaram encontrar uma resposta. E ela não é tão complexa quanto você possa imaginar!

Quando se fala em longevidade, muitos pensam na genética. Aliás, isso é algo que muita gente ainda acredita: que os seus genes são os únicos responsáveis pela sua saúde, determinando quais doenças você vai ter ou não. Mas isso não é verdade…

O que se sabe cada vez mais pelas pesquisas recentes é que a condição ambiental e nossos hábitos são fundamentais para a saúde ou a doença. De fato, os seus genes podem trazer alguma predisposição, mas isso não significa que você obrigatoriamente sofrerá com aquele mal.

Na verdade, só 10 a 15% das doenças crônicas, por exemplo, tem influência genética. Entre 85 e 90% desse risco é impulsionado por fatores não genéticos. Dentre eles estão dieta, estilo de vida e comportamento. Portanto, o controle está em suas mãos e nas suas escolhas.

Esses dados já começam a nos mostrar um pouco do segredo dos 100 anos de idade…

Como viver mais de 100 anos

Voltando à pesquisa que mencionei no início, veja o que os cientistas fizeram… Eles analisaram os dados de cerca de 145 mil pessoas acima dos 75 anos que faleceram no estado de Washington entre os anos 2011 e 2015. A grande sacada foi não só conferir os dados pessoais, mas também os locais onde elas moravam.

Isso deu aos pesquisadores a real ideia do ambiente onde esses idosos viveram e como esse local pode ter influenciado em uma vida mais ou menos longa: se tinham acesso a saúde básica, transporte, áreas verdes, facilidade de locomoção e vários outros detalhes combinados.

A conclusão foi de que o lugar onde você mora tem um impacto direto na probabilidade de chegar aos 100 anos de idade. Alguns fatores foram importantes, como:

  • Viver em uma comunidade com idades variadas: a pesquisa mostrou que morar em locais onde também vivem pessoas de várias idades aumenta a possibilidade de se chegar aos 100 anos.
  • Morar em centros urbanos: segundo o estudo, nas cidades os idosos tem maior apoio e menor isolamento – inclusive das pessoas de outras idades, caso morem perto, como falamos no item anterior. Mas não é qualquer cidade: os resultados foram melhores em cidades menores.
  • Mobilidade: quanto mais esses centros urbanos eram acessíveis, melhor para os idosos. Isso significa que eles tinham maior facilidade de buscar cuidar médicos ou irem sozinhos ao mercado, por exemplo. Além de mais socialização, facilitar o acesso à cidade aumenta os níveis de atividade física.

Segundo os autores:

“Nosso estudo adiciona ao crescente corpo de evidências de que fatores sociais e ambientais contribuem significativamente para a longevidade”.

E ainda:

“Sabemos de pesquisas anteriores que você pode modificar, através do comportamento, sua suscetibilidade a diferentes doenças que tem base em sua genética”.

E como você pode ver, aqui estamos falando apenas do ambiente onde as pessoas vivem. Agora, imagine associar uma boa dieta e ainda mais exercícios? Pois é… O medo da genética é algo que você realmente deveria deixar de lado. Viver bem e por mais tempo só depende de nós! Supersaúde!

Referências bibliográficas:

  • International Journal of Environmental Research and Public Health, 2020; 17 (8): 2828.
  • Quarterly Review of Biology 2009
  • Time Magazine January 6, 2010
  • WebMD June 16, 2010
  • Experimental Biology 2010
  • Circulation: June 15, 2010
  • PLoS One. 2016 Apr 22;11(4)
  • Circulation. 2018;138:345–355
  • Os seus Genes não são sua Sentença de Morte
< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




























               Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link