Quanto Mais Repolho Roxo, Melhor (+ 8 Receitas Keto com Repolho)

Quando se fala em repolho roxo – ou até mesmo o repolho comum – muita gente ainda torce o nariz.

Mas saiba que ele é um superalimento. O repolho roxo faz parte dos vegetais crucíferos, repletos de nutrientes importantes para a saúde.

Além das vitaminas, minerais e fibras, os crucíferos contêm sulforanato, uma poderosa substância com efeitos como:

  • Combate a micro-organismos nocivos;
  • Combate de células-tronco cancerosas;
  • Retardamento de tumores;
  • Aumento de enzimas hepáticas que nos protegem quando consumimos substâncias químicas perigosas ou somos expostos à poluição;
  • Normalização da metilação do DNA, prevenindo doenças, melhorando a função dos rins e garantindo mais saúde intestinal;
  • Ajuda na excreção de xenoestrógenos, substâncias químicas que simulam hormônios no nosso corpo e causam desiquilíbrio hormonal (saiba mais clicando aqui).

Como se tudo isso não bastasse, o repolho roxo tem um detalhe a mais que faz toda a diferença.

É hora de descobrir qual é!

Como o repolho roxo turbina sua saúde

Sim, assim como seu parente verde e outros vegetais crucíferos, o repolho roxo apresenta todos os benefícios citados e vai mais além…

Ele tem maior quantidade de antocianinas, uma substância responsável por dar as cores vermelha e roxa aos vegetais.

Mas as antocianinas não são apenas um corante natural que faz frutas, legumes e verduras mais bonitos…

Os estudos demonstram que elas apresentam benefícios como:

  • Proteção contra o câncer;
  • Melhora da função cerebral;
  • Promoção da saúde cardíaca;
  • Tem potencial antioxidante 2 vezes maior do que a vitamina C.

Agora, a boa notícia…

Os cientistas do Agricultural Research Service, nos Estados Unidos, identificaram “apenas” 36 antocianinas diferentes no repolho roxo!

Para testar a absorção dessa substância, os pesquisadores deram porções de repolho roxo para alguns voluntários.

Durante dois dias eles receberam 2 refeições com diferentes porções, entre 2/3 de xícara até 2 xícaras inteiras de repolho cozido.

Concluiu-se que quanto maior a quantidade de repolho roxo consumida, maior a absorção de antocianinas pelo corpo.

Como algumas delas não são tão absorvíveis, o ideal é caprichar nas quantidades para se obter todo o necessário.

É claro que com isso ninguém está lhe dizendo para comer só repolho roxo… Mas temos aqui uma prova do quanto ele deve fazer parte da sua dieta.

Faça isso preferencialmente junto com gorduras naturais boas, proteínas em moderação e praticamente zero de carboidratos. Vou explicar como ao final deste artigo…

Outros benefícios do repolho

Os repolhos, sejam eles verdes ou roxos, apresentam benefícios como:

  • Ajuda na assimilação correta do cálcio, pelas grandes quantidades de vitamina K e vitamina D;
  • É bom para a visão, por conter bastante vitamina A;
  • Possui mais vitamina C que a laranja, oferecendo potencial antioxidante e protegendo contra gripes e resfriados;
  • Ajuda a reduzir o colesterol LDL, também conhecido como “mau colesterol” – embora, como eu sempre diga, você não deveria estar tão preocupado assim com esses níveis (clique aqui para entender por que).
  • Pesquisa recente demonstrou que pessoas que consumiam vegetais verde-escuros, como o repolho, tinham vasos sanguíneos mais saudáveis e menor risco de infarto.

Portanto, se você não gosta de repolho, não sabe o que está perdendo.

Aliás, tudo depende do preparo.

Quando usado em algumas receitas keto, o repolho é saboroso e ainda melhora sua alimentação ao ser combinado com tudo o que é preciso para uma Supersaúde.

Confira algumas receitas keto com repolho que você pode fazer em casa.

Para ver cada uma é só clicar no nome!

1 – Salmão com Repolho ao Curry

2 – Refeição Completa de Repolho

3 – Carne com Repolho à Moda Italiana

4 – Salada de Repolho Keto

5 – Salada de Repolho com Abacate

6 – Repolho Frito com Bacon e Cebola

7 – Carne de Porco Cozida com Salada de Repolho

8 – Strogonoff de Carne Assada com Repolho

Ficou com água na boa? Bom… Opção é o que não falta!

Então, mãos à obra! Aproveite o repolho – roxo ou verde – e tudo o que eles têm a oferecer!

Referências bibliográficas:

  • Afinal, o que são Vegetais Crucíferos? – www.DrRondo.com
  • Como Evitar a Calcificação das suas Artérias: Vitamina K2 – www.DrRondo.com
  • US Department of Agriculture. “When It Comes To Red Cabbage, More Is Better.” ScienceDaily. ScienceDaily, 11 March 2008.
  • Lauren C. Blekkenhorst, Marc Sim, Simone Radavelli-Bagatini, Nicola P. Bondonno, Catherine P. Bondonno, Amanda Devine, John T. Schousboe, Wai H. Lim, Douglas P. Kiel, Richard J. Woodman, Jonathan M. Hodgson, Richard L. Prince, Joshua R. Lewis. Cruciferous vegetable intake is inversely associated with extensive abdominal aortic calcification in elderly women: a cross-sectional study. British Journal of Nutrition, 2020; 1 DOI: 10.1017/S0007114520002706.
< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *






















                           Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link