Saúde

Quantas Vidas são Salvas Quando se Reduz a Poluição do Ar?

Muito se tem falado do meio ambiente e das consequências da poluição do ar. Mas será que dá para mensurar os problemas aos quais estamos sujeitos por respirar um ar poluído?

Pesquisadores da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, analisaram as mudanças no ar com relação a um tipo de poluição fina que mistura partículas sólidas e gotículas de líquido, muito comum por conta das chaminés das indústrias e do uso de veículos automotores.

Trata-se de algo perigoso. As principais consequências da exposição prolongada a esse tipo de poluente são doenças pulmonares obstrutivas crônicas, doença cardíaca isquêmica, câncer de pulmão e AVC isquêmico.

Pois bem. O que os cientistas notaram, na verdade, foi uma boa notícia. Em decorrência de leis de proteção à qualidade do ar, em 10 anos (de 2002 a 2012), a redução desse tipo de poluição no estado de Nova Iorque caiu entre 28 e 37%.

Eles compararam os dados com os números de mortes prematuras no mesmo período, encontrando também uma redução importante. A conclusão, então, foi de que a redução da poluição do ar salvou 5660 vidas no estado. E você tem de concordar, é bastante coisa!

Poluição do ar: sua vida em risco

Não é a primeira vez que uma pesquisa mostra o quanto é importante respirar um ar saudável. Eu mesmo já comentei aqui uma estimativa assustadora: todos os anos, 8,8 milhões de mortes são causadas em decorrência da poluição atmosférica.

Ela está ligada não somente a doenças como a diabetes e as cardiovasculares, mas também à redução da expectativa de vida, declínio cognitivo, obesidade e até a redução da sua produtividade no trabalho.

Esse último caso, em especial, tem relação com a poluição do ar interior do escritório. Saiba que essa poluição interna muitas vezes é maior do que aquela fora de casa. Os produtos químicos dos materiais que compõem até mesmo seus móveis e a tinta das suas paredes podem piorar as condições do ar que respira todos os dias!

Felizmente, nesses casos, você pode tomar atitudes. Evite deixar sua casa e, se possível, seu escritório, com o ar demasiadamente parado. Promova a ventilação e faça manutenção nos ar condicionados. Outra medida que funciona é colocar plantas no ambiente, pois elas podem ajudar bastante.

Para saber um pouco mais sobre a poluição de interiores, clique aqui. E para conhecer as melhores plantas para limpar o ar da sua casa, clique aqui. Fique atento ao que você respira. Essa pode ser a diferença entre a doença e uma Supersaúde!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *