Infantil

Proteja as crianças nas férias

Muito calor, brincadeiras ao ar livre, alimentação irregular e… problemas. Veja quais são os mais comuns e o que fazer para resolvê-los..

INSOLAÇÃO Os sintomas são pele avermelhada, quente e seca ao contato, temperatura elevada, ausência evidente de transpiração, inconsciência ou confusão mental, sinais de choque ou pressão baixa, pulso rápido. Solicite rapidamente a presença de um médico e, enquanto ele não chega, dê água à criança a cada 15 minutos e resfrie seu corpo com banho frio.

PROBLEMAS ALIMENTARES Náuseas, vômitos, cólicas e diarréia são sinais típicos das intoxicações. Diante delas, é preciso reidratar o organismo da criança, em caso de vômitos, e recorrer ao uso de probióticos, sob orientação médica. picada de insetos O mais importante é evitar o uso de repelentes que contenham deet, uma neurotoxina que pode causar tonturas e convulsões. Prefira os naturais, como o óleo de neen, usado há séculos na Índia com bons resultados. Se a criança for alérgica, deve-se ter um remédio sempre a mão. E levá-la ao médico o mais breve possível.

QUEIMADURA SOLAR Usar chapéu, protetor solar reaplicado de 2 em 2 horas em todo o corpo e óculos com proteção contra uva e uvb, além de evitar o sol entre as 10 e as 16 horas são medidas básicas para evitar as queimaduras de sol. Também ajuda aumentar o consumo de vegetais, para fazer subir o nível de antioxidantes que combatem as radiações solares. Se a pele já foi afetada, é possível aliviar o desconforto com banhos frescos (não gelados) e aplicação tópica de aloe vera.

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *