Por que Sonhar pode te Livrar do Alzheimer

O seu cérebro é uma máquina potente que precisa de combustível para funcionar.

Ele precisa de energia e oxigênio, e são seus vasos sanguíneos os responsáveis por esse suprimento vital.

Tanto que hoje a ciência médica já sabe bem que a falta de oxigenação e fluxo sanguíneo no cérebro pode causar problemas graves a longo prazo.

Se constantemente o órgão recebe menos oxigênio do que deveria, mesmo que você não perceba, pouco a pouco ele vai sendo prejudicado…

E no fim, o seu risco de demências como o Alzheimer pode aumentar exponencialmente!

Mas, o que sonhar tem a ver com isso?

Olha só que interessante…

Pesquisadores descobriram pela primeira vez que durante uma fase específica do sono seu cérebro recebe mais oxigenação do que em todas as outras fases.

Eles chegaram a essa conclusão depois de observarem o fluxo sanguíneo do cérebro de ratos de laboratório.

Veja o que diz o Dr. Yu Haiashi, pesquisador da Universidade de Tsukaba, no Japão:

“Ficamos surpresos com os resultados. Houve um fluxo maciço de glóbulos vermelhos através dos capilares cerebrais durante o sono REM, mas nenhuma diferença entre o sono não REM e o estado de vigília, mostrando que o sono REM é um estado único”.

O sono REM é aquela fase do sono onde há maior tendência de sonharmos.

Então, se você sonha bastante, é possível que passe um bom tempo em sono REM…

E, segundo essa pesquisa, recebendo um bom fluxo sanguíneo no cérebro – um fator protetor do Alzheimer.

Mas o mais importante é que você foque em dormir bem, além de seguir algumas outras dicas. Vamos a elas.

Algumas dicas para se proteger do Alzheimer

A melhor forma de combater o Alzheimer é evitar que ele aconteça. 

Felizmente, há vários hábitos que podem ajudar. Veja:

Aumente sua sensibilidade à insulina

O consumo de açúcares e carboidratos promove, pouco a pouco, a perda da sua sensibilidade à insulina.

Essa é uma situação que aumenta seu risco de diabetes, doenças cardíacas e também Alzheimer.

As pesquisas mostram que quanto maior a glicemia, maior o risco de declínio cognitivo.

Dieta keto

A melhor forma de prevenir esse aumento da glicemia é uma dieta keto, na qual você consome mais gorduras boas e vegetais, minimizando carboidratos a praticamente zero.

Além disso, essa dieta ativa sua produção de cetonas, o melhor combustível para o cérebro. 

Segundo estudos, a dieta keto pode reduzir em 44% seu risco de Alzheimer.

Melhora sua vitamina D

Pode ser tomando sol com consciência (no máximo 30 minutos por dia, sem protetor) ou usando suplementos, sob supervisão do seu médico.

Cuidado com os metais pesados

Metais como mercúrio e alumínio estão relacionados a um risco aumentado de Alzheimer.

Para se prevenir, você pode deixar de usar utensílios de alumínio e desodorantes que contenham esse mineral.

Além disso, substitua suas obturações antigas de amálgama, pois elas podem conter mercúrio. Outra fonte desse mineral prejudicial são peixes e frutos do mar de águas poluídas.

Estratégias detox

Alguns alimentos, como os sucos verdes detox, podem ajudar o seu corpo a se livrar de metais tóxicos e outras toxinas prejudiciais para seu cérebro e sua saúde.

Veja aqui uma lista com diversas receitas de smoothies detox.

Melhora sua ecologia intestinal

Consuma alimentos probióticos, e se possível, suplementos com essas bactérias boas.

Com uma boa flora intestinal você conseguirá absorver melhor os nutrientes dos alimentos.

Consequentemente, seu cérebro ficará bem nutrido, aumentando o fator de proteção contra demências.

Durma bem

Além de ser importante para aumentar o fluxo sanguíneo durante o sono REM, como vimos mais acima, é importante dormir de 7 a 8 horas por dia.

A falta de sono acelera a degeneração dos seus neurônios, um perigo para o declínio cognitivo.

Então, resumindo…

Se você quer se prevenir do Alzheimer, basta levar uma vida saudável.

Ela é garantia de mais longevidade e independência.

Supersaúde!

Referências bibliográficas:

Chia-Jung Tsai, Takeshi Nagata, Chih-Yao Liu, Takaya Suganuma, Takeshi Kanda, Takehiro Miyazaki, Kai Liu, Tsuyoshi Saitoh, Hiroshi Nagase, Michael Lazarus, Kaspar E. Vogt, Masashi Yanagisawa, Yu Hayashi. Cerebral capillary blood flow upsurge during REM sleep is mediated by A2a receptors. Cell Reports, 2021; 36 (7): 109558 DOI: 10.1016/j.celrep.2021.109558.

University of Tsukuba. “Brain refreshing: Why the dreaming phase matters.” ScienceDaily. ScienceDaily, 25 August 2021.

Novas Revelações Sobre Alzheimer e Diabetes e que Você Precisa Saberwww.DrRondo.com 

Perder só uma Noite de Sono pode Aumentar seu Risco de Alzheimerwww.DrRondo.com 

Será que Você Convive com a Doença de Alzheimer e Não Sabe?www.DrRondo.com 

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *