Prevenção

Por que Pintores têm Maior Risco de Câncer de Bexiga?

Diversas profissões, como você deve saber, envolvem certos riscos. Algumas vezes eles são mais evidentes, mas em outros casos, são totalmente invisíveis. É o caso dos pintores, por exemplo. Pesquisas apontam que eles têm maior risco de câncer de bexiga.

Uma análise de 41 estudos nesse sentido mostrou que mais de 3 mil pintores profissionais tiveram esse tipo de câncer, concluindo que eles têm 30% mais chance de câncer de bexiga do que a população em geral. E quanto mais tempo eles ficam nessa profissão, maiores os riscos.

Agora, um dado importante: alguns desses estudos classificavam como pintores não só aqueles que pitam paredes ou quadros, mas profissionais como estucadores, gesseiros, decoradores e especialistas em aplicação de papeis de parede. Essa informação já nos traz uma ideia sobre o que está por trás disso tudo…

Riscos invisíveis e câncer de bexiga

Segundo os pesquisadores, pintores e pessoas que trabalham com acabamentos estão mais sujeitos ao contato com químicos similares aos encontrados nos cigarros. Isso inclui aminas aromáticas, usadas na composição de tintas, carpetes, papeis de parede e outros materiais de construção.

Esses produtos agem também como xenoestrogênios, ou seja, entram em seu corpo simulando o efeito do estrogênio. Ao se acumularem, eles desequilibram seus hormônios, causando todo tipo de problema decorrente disso, seja o câncer de bexiga, outros tipos de câncer e várias doenças do mundo moderno.

Por lidarem diretamente com esses químicos, os profissionais citados anteriormente são de fato os mais expostos. Mas todos nós estamos sujeitos a isso no interior de nossas casas, pois esse tipo de químico ainda permanece nas tintas, papeis de parede, pisos, estofados, produtos de limpeza… E até nos cosméticos!

Nem sempre é possível evitar esse tipo de produto. Por isso, é importantíssimo nos dias de hoje adotar estratégias de proteção e desintoxicação. Em outro posts já comentei sobre alguns itens naturais que podem lhe ajudar.

Uma medida interessante é colocar plantas nos ambientes internos para filtrar o ar que você respira. Confira aqui quais as melhores. Você também pode lançar mão de suplementos que atuam contra essas toxinas no seu organismo. Para ver uma lista, basta clicar aqui.

Fique alerta! São perigos invisíveis, mas que devem ser prontamente combatidos se você deseja se prevenir. Lembre-se que a prevenção é a melhor medicina!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *