Por que o seu Bebê NUNCA Deve Usar o “Touchscreen”

Cada vez mais cedo!

Você olha para a criança e o que vê?

Aqueles dedinhos gordinhos e fofinhos indo direto na tela do smartphone ou do tablet.

Alguns até comentam: “parece que eles já nasceram sabendo mexer nesse tipo de dispositivo eletrônico!”

Embora muitas famílias usem essa espécie de “entretenimento” para bebês, trata-se algo totalmente ERRADO.

E por muitos motivos!

Veja o mais recente, que acaba de ser descoberto…

Bebês e touchscreen

Uma universidade britânica acompanhou um grupo de bebês por 2 anos e meio. O uso de dispositivos eletrônicos com tela sensível ao toque variava entre eles.

Durante esse tempo, as crianças foram levadas ao laboratório por 3 vezes.

Nessas ocasiões, elas foram expostas a um computador, que mostrava imagens em diferentes lugares da tela.

Os pesquisadores colocaram um rastreador ocular nesses bebês, para medir:

  • A velocidade com a qual eles acompanharam as imagens que iam surgindo.
  • A capacidade deles em ignorar objetos que os distraíam.

A conclusão foi que os bebês que tinham mais acesso às telas em casa eram mais rápidos para olhar para os objetos quando eles apareciam.

Ao mesmo tempo, apresentavam maior dificuldade em ignorar objetos que as distraiam.

Vendo esses resultados, você pode até estar achando: “Que ótimo, então as telas deixam os bebês mais espertinho e atentos a tudo que acontece!”

Mas é exatamente o oposto! Esses dados podem ser traduzidos como:

Dificuldade de concentração!

Conforme os pesquisadores comentam, manter o foco é algo crucial para as crianças, que estão em idade de aprendizado.

As que usavam muito as telas não conseguiam ignorar o que as distraia, ou seja, apresentavam um foco disperso.

Não é nem preciso dizer como isso é prejudicial. Se qualquer coisa distrai uma criança, como ela vai aprender?

Segundo os pesquisadores, são necessárias mais pesquisas para saber como isso pode prejudicá-las no futuro.

Mas, de qualquer forma, não vale a pena arriscar o futuro delas, deixando brincarem com smartphones e tablets.

Até porque, há mais problemas envolvidos…

Outros malefícios do uso de telas por crianças pequenas

À parte dos possíveis prejuízos à atenção, outras pesquisas já mostraram que o uso precoce de dispositivos eletrônicos traz…

Redução do desenvolvimento de habilidades

Pesquisadores alertam que famílias que colocam crianças abaixo de 2 anos em frente a telas, prejudicam seu desenvolvimento.

Essa é a fase de conhecer o mundo e desenvolver atividades motoras, e quanto mais tempo com eletrônicos, menos tempo aprendendo com o ambiente – algo fundamental.

Compulsão

Uma pesquisa canadense analisou os hábitos de mais de 4500 crianças por um período de 10 anos.

Os resultados mostraram que as crianças e adolescentes que dormiam menos tempo e passavam maiores períodos utilizando telas tinham tendência maior a apresentarem comportamentos compulsivos.

Prejuízos ao sono

A exposição à luz azul artificial das telas desregula a percepção de luzes do nosso organismo.

O resultado é a piora do sono, algo que vale também para os adultos. É por isso que você deveria usar telas o menos possível.

Mas como é praticamente impossível no mundo moderno, tente pelo menos evitar à noite ou antes de ir pra cama.

Já para as crianças, a dica é não usar.

Para se ter uma ideia, a Organização Mundial da Saúde recomenda que o tempo de tela para bebês até os 2 anos deve ser…

Zero!

Então, vamos zelar pelo desenvolvimento das nossas crianças. Menos tela, mais atividades do mundo real.

Supersaúde!

Referências bibliográficas:

  • Ana Maria Portugal, Rachael Bedford, Celeste H. M. Cheung, Luke Mason, Tim J. Smith. Longitudinal touchscreen use across early development is associated with faster exogenous and reduced endogenous attention control. Scientific Reports, 2021; 11 (1) DOI: 10.1038/s41598-021-81775-7.
  • University of Bath. “Toddlers who use touchscreens may be more distractible.” ScienceDaily. ScienceDaily, 26 January 2021.
  • Leigh Tooth, Katrina Moss, Richard Hockey, Gita D Mishra. Adherence to screen time recommendations for Australian children aged 0–12 years. Medical Journal of Australia, 2019; DOI: 10.5694/mja2.50286.
  • Compulsão em Crianças: Cuidado com o Sono e com as Telas!www.DrRondo.com
  • Bebês em Frente a Telas: um Fato Alarmante!www.DrRondo.com
< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *






















                           Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link