Para Metade das Pessoas, Só a Cenoura Não é Suficiente

Provavelmente você já ouviu falar sobre os benefícios de se comer cenoura.

A maioria deles está ligado ao fato desse vegetal possuir altos níveis de betacaroteno.

Quando chega ao seu organismo, essa substância é convertida em vitamina A, que entre outras funções, promove uma visão mais clara e saudável.

Além disso, ela ajuda na regulação do colesterol “ruim”, aquele com maior risco de entupir suas artérias e consequentemente causar doenças cardiovasculares.

Mas será que seu corpo é realmente capaz de converter todo o betacaroteno da cenoura que você come em vitamina A?

Bom, tudo depende de como uma enzima chave nesse processo atua: a enzima betacaroteno oxigenase 1 (BCO1).

Segundo pesquisa recente da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, em muitas pessoas essa enzima é menos ativa do que deveria.

Eles chegaram a essa conclusão após notarem que alguns indivíduos tinham menos colesterol no sangue – e ao mesmo tempo BCO1 mais ativa.

Por outro lado, altos níveis de betacaroteno na corrente sanguínea podem indicar que essa enzima não é tão ativa e simplesmente não transforma a substância em vitamina A.

E aí, nem um caminhão de cenoura pode ser suficiente para que você consiga esse importante nutriente!

Como melhorar os níveis de vitamina A naturalmente

Segundo Jaume Amengual, professor assistente de nutrição personalizada no Departamento de Ciência dos Alimentos e Nutrição Humana da Universidade de Illinois, 50% das pessoas tem essa “enzima preguiçosa”, que não metaboliza tão bem o betacaroteno.

O resultado, como você já deve estar imaginando, é que os níveis de vitamina A podem reduzir bastante…

Diante dessa notícia, o que fazer?

É simples. Não se preocupe… Mas tome atitudes!

Se você tem uma alimentação saudável, é bem provável que consiga contornar o problema. Veja algumas dicas:

1 – Cozinhe a cenoura

A cenoura cozida é muito melhor do que a crua. Quando é aquecida, ela aumenta consideravelmente os níveis de betacaroteno.

Seja de qual grupo você for (com a enzima mais ou menos ativa), cozinhar é a melhor opção.

2 – Consuma outros alimentos ricos em vitamina A

É difícil saber se você está no grupo das pessoas que têm a enzima BCO1 mais ativa.

Então, o ideal é variar a alimentação. Aliás, é o que deve ser feito por todos!

Procure por outros alimentos ricos em vitamina A, pois assim seu corpo não vai precisar converter o betacaroteno. 

Os produtos animais são as melhores opções:

  • Leite e queijo crus;
  • Peixes;
  • Ovos de galinhas criadas soltas;
  • Fígado, que é riquíssimo em vitamina A (e muitas outras), e precisa voltar à nossa dieta, junto com outras carnes de órgão.

3 – Não deixe a cenoura de lado

Vale a pena voltar na cenoura… Mesmo com essa descoberta, ela continua sendo um ótimo alimento.

Além do betacaroteno, a cenoura tem alta concentração de minerais, compostos fenólicos e bioativos que ajudam na prevenção de doenças.

Para conhecer todos os benefícios desse vegetal, clique aqui para ler um artigo exclusivo.

Faça da alimentação o seu remédio!

Supersaúde!

Referências bibliográficas:

  • Felix Zhou, Xiaoyun Wu, Ivan Pinos, Benjamin M. Abraham, Tessa J. Barrett, Johannes von Lintig, Edward A. Fisher, Jaume Amengual. β-Carotene conversion to vitamin A delays atherosclerosis progression by decreasing hepatic lipid secretion in mice. Journal of Lipid Research, 2020; 61 (11): 1491 DOI: 10.1194/jlr.RA120001066
  • Jaume Amengual, Johana Coronel, Courtney Marques, Celia Aradillas-García, Juan Manuel Vargas Morales, Flavia C D Andrade, John W Erdman, Margarita Teran-Garcia. β-Carotene Oxygenase 1 Activity Modulates Circulating Cholesterol Concentrations in Mice and Humans. The Journal of Nutrition, 2020; 150 (8): 2023 DOI: 10.1093/jn/nxaa143.
  • University of Illinois College of Agricultural, Consumer and Environmental Sciences. “Carrots are healthy, but active enzyme unlocks full benefits.” ScienceDaily. ScienceDaily, 12 December 2020.
  • 5 Incríveis Benefícios da Cenoura – www.DrRondo.com
  • Cenoura Crua ou Cozida? Qual a melhor? – www.DrRondo.com
< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *






















                           Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link