Saúde

ONU Estima que 10 Milhões por Ano podem Morrer por Excesso de Remédios

Com certeza, a produção de remédios cada vez mais elaborados foi um grande ganho para a humanidade. Com eles, combatemos doenças que nos assolaram por séculos, aumentando a expectativa de vida de população.

Mas, como você deve saber, quando algo começa a se transformar em excesso, mesmo que seja bom em um primeiro momento, acabando trazendo prejuízos. E foi o que ocorreu e tem ocorrido com as medicações.

Um problema em potencial são os antibióticos. Por serem usados excessivamente, de forma errada ou quando simplesmente NÃO são necessários, eles acabam criando bactérias resistentes. Essas superbactérias não respondem ao tratamento, ficando imunes aos remédios mais fortes.

Já falei disso inúmeras vezes por aqui. E recentemente, a ONU divulgou um comunicado sobre o perigo da resistência microbiana a antibióticos. Segundo a organização, a estimativa é que 10 milhões de pessoas podem morrer a cada ano, até 2050, em decorrência disso.

Há também prejuízos econômicos… Como se não bastasse a morte de tanta gente, também estima-se que 2030 cerca de 24 milhões de pessoas sejam arrastadas a situação de extrema pobreza como consequência econômica a nível mundial. Segundo o comunicado da Organização Mundial de Saúde (OMS):

“Mais e mais doenças comuns, incluindo infecções do trato respiratório, infecções sexualmente transmissíveis e infecções do trato urinário estão se tornando intratáveis”. Portanto, está na hora de você se proteger!

Como prevenir a resistência a antibióticos e o excesso de remédios

1 – Procure consumir carnes e laticínios de animais orgânicos criados soltos, não confinados

Animais criados em confinamento recebem doses de antibióticos para que suportem viver nessa situação antinatural. Essas pequenas doses chegam a você, caso consuma esses alimentos. Assim, reduzem-se bactérias fracas, mas seleciona-se as mais fortes, promovendo a resistência. Prefira sempre produtos de animais criados soltos, em pasto.

2 – Evite alimentos transgênicos

Eles podem levar a alterações ambientais e de saúde. É importante lembrar ainda que animais criados em confinamento geralmente são alimentados com grãos transgênicos, piorando ainda mais a situação citada anteriormente.

3 – Use antibiótico só com orientação médica, e faça o tratamento de forma correta

Quando você usa antibióticos sem orientação, pode estar selecionando bactérias, promovendo as mais fortes e resistentes. O mesmo ocorre quando não se faz o tratamento até o final, conforme consta na receita médica. Seja responsável!

4 – Fortaleça o seu sistema imunológico com tratamentos preventivos

Essa dica é muito importante. Se você está com a saúde e o sistema imunológico em dia, evita doenças e consequentemente o uso de antibióticos. Como sabemos, prevenir é sempre melhor que remediar!

Fique atento a como você usa remédios. Com algumas medidas relativamente simples, podemos virar esse jogo. Supersaúde!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *