Saúde

Óleo Essencial de Bergamota: Bom para o Chá e para a Ansiedade

O óleo essencial de bergamota é produzido a partir da Citrus bergamia, uma espécie de fruto cítrico encontrado no sul do Brasil, na Argentina e na Itália. Este é um óleo muito importante por diversos motivos…

O primeiro deles é culinário. Você já ouviu falar do chá earl grey? Trata-se do chá aromatizado com o óleo essencial de bergamota. Pode ser tanto o chá preto quanto o verde ou o branco. Uma beleza!

Outra utilização comum desse óleo essencial é na indústria cosmética. Ele é um dos ingredientes principais das águas de colônia, nas quais também são usados outros aromas cítricos.

Óleo essencial de bergamota e saúde

Quando o assunto é a sua saúde, o óleo essencial de bergamota também mostra bons resultados. Por suas propriedades químicas, ele pode ser considerado antisséptico anti-infeccioso. Pesquisas em animais também relatam ação contra fungos, como o Candida albicans, e de relaxamento muscular.

E ele não é usado em cosméticos à toa. O óleo é base para produtos de assepsia para peles oleosas ou mistas, graças ao seu poder de reduzir a atividade das glândulas sebáceas.

Também é muito utilizado na aromaterapia, onde é conhecido por proporcionar uma sensação de segurança e redução da ansiedade. Por conta disso, acredita-se que a exposição ao aroma do óleo essencial de bergamota pode auxiliar inclusive em compulsões e ajudar a ter uma boa noite de sono.

Uma pesquisa confirmou um pouco desses efeitos em pacientes que esperavam por cirurgias, uma situação que geralmente deixa as pessoas ansiosas. Eles foram expostos ao aroma do óleo de bergamota por 30 minutos no ambulatório antes de serem operados, e os pesquisadores constataram que tiveram redução da pressão sanguínea e do ritmo cardíaco.

Cuidados no uso

Mas atenção! Embora o óleo essencial de bergamota seja conhecido por ajudar na limpeza de peles mais oleosas, nunca use-o diretamente na pele – principalmente se você for se expor ao sol. Isso pode causar manchas indesejáveis.

Conte sempre com ajuda profissional para fazer o uso correto desse e de outros óleos essenciais. Assim você aproveita todos os benefícios, sem o risco das contraindicações. Supersaúde!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *