Saúde

Óleo Essencial de Alho: 1001 Utilidades

Certamente você já ouviu falar sobre os maravilhosos efeitos do alho para a saúde. Mas e o óleo essencial de alho? Sabe de tudo o que ele é capaz? Não? Então está na hora de descobrir!

Como já comentei por aqui, o alho é um santo remédio para gripes e resfriados. Seu princípio ativo principal é o alicin, um composto que contém enxofre e lhe dá o cheiro característico, além de oligossacarídeos, flavanoides e proteínas ricas em arginina.

Para você ter uma ideia, o alho apresenta melhores resultados na prevenção da gripe que os remédios mais usados para essa finalidade. Ele age da mesma forma, reduzindo a duração dos sintomas da gripe, quando consumido no início da doença.

Mas e o óleo essencial de alho?

Sim, sei que você já deve estar curioso sobre esse óleo essencial. Mas antes eu precisava falar um pouco mais do alho, não é mesmo? Se ele já é capaz de tudo isso, você pode imaginar os benefícios do óleo!

O óleo essencial de alho é produzido a partir do processo de destilação a vapor. Assim como sua matéria prima, tem efeito antiviral, antimicrobiano e antifúngico.

Mas além disso, tem uma característica incrível muito necessária nesse mundo moderno em que vivemos… Ele ajuda a normalizar a hipertensão arterial e os níveis de colesterol – e consequentemente reduz o risco de doenças cardíacas, como infarto e derrame.

Cuidados no uso do óleo essencial de alho

É preciso estar muito atento ao uso do óleo essencial de alho, pois sua concentração o faz muito forte e cáustico. Por conta disso, o principal cuidado é na hora de usá-lo topicamente ou em aromaterapia. Deve sempre ser bem diluído em óleos naturais, como o azeite de oliva, por exemplo.

Procure sempre de adquiri-lo em locais especializados que poderão lhe fornecer as formas correta de uso. E, claro, converse sempre com seu médico antes de qualquer tratamento, mesmo com produtos naturais. 

Referências bibliográficas:

  • https://www.drrondo.com/alho-melhor-que-remedios-gripe/
  • Phytomedicine. 7 (3): 239–243
  • Farrell, K.T. (1998). Spices, Condiments and Seasonings. Chapman & Hall food science book. Springer US
  • Stanway, P. (2012). The Miracle of Garlic: Practical Tips for Health & Home. Watkins Media.
< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *