Saúde

Óleo de Coco Também Combate Problemas Digestivos

Eu já falei muitas vezes aqui no site sobre os benefícios do óleo de coco, como você pode ver ao clicar aqui. Agora, sabia que ele também é indicado para quem tem problemas de má digestão? É isso mesmo!

O óleo de coco pode até ser considerado medicinal para esse e outros casos de problemas digestivos. O segredo está nos triglicérides de cadeia média, os TCM, um ácido graxo importantíssimo. Como eles são menores que os triglicérides de cadeia longa (TCL), são mais solúveis em água e melhor digeridos. O que isso significa? Vou explicar, veja só:

Entenda a diferença entre a digestão de TCLs e TCMs

Para serem digeridos, os TCL, que se encontram na maioria dos alimentos, passam pelo estômago e chegam até o intestino, necessitando de lipase pancreática para serem diluídos. Depois, são incorporados pelas células intestinais em grandes partículas, insolúveis.

O próximo passo e serem carregados até o fígado, onde passarão finalmente pelo processo de oxidação. O problema é que, nesse caminho, os TCL passam por todo seu sistema circulatório e linfático, com maior possibilidade de se aderirem às suas artérias e causarem, em algum momento, um enfarto, por exemplo.

No caso do óleo de coco, a coisa muda de figura… Ele é composto basicamente pelos TCM, que são rapidamente digeridos: a digestão começa na boca e se completa no estômago e parte superior do intestino. Ou seja, não precisa de suco pancreático para ser diluído.

Ele chega ao fígado diretamente pela veia porta, sendo oxidado também de forma rápida, e não produz alterações nos seus níveis de VLDL, o colesterol causador de endurecimento das artérias.

TCMs e problemas digestivos

Muito já se falou da possibilidade do óleo de coco, por ser uma gordura saturada, ser um vilão da saúde. Mas é exatamente o contrário, como acabei de explicar (para entender mais a verdade sobre o óleo de coco, clique aqui).

Pelos mesmos motivos, o óleo de coco é tão indicado para a alimentação de quem tem problemas digestivos. Sua digestão rápida, sem necessidade de suco pancreático e sem aumentar a glicemia, faz dele uma excelente opção, além, é claro, de ser uma rica fonte de energia. Aproveite!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 223 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER
close-link