O Segredo que Faz o Exercício Proteger o seu Cérebro

Por várias vezes, já ouvimos falar que os exercícios físicos não são úteis somente para o corpo, mas também para o cérebro.

E isso é um fato realmente comprovado.

As pesquisas científicas têm a cada dia mostrado como nosso organismo é uma via de mão dupla, um conjunto integrado.

Até mesmo nossos pensamentos têm reflexos na nossa saúde.

Aquela velha máxima, “mente sã, corpo são”, nunca foi tão verdadeira!

Mas, por que isso acontece?

Por incrível que pareça, ainda há muito o que se descobrir no corpo humano. Felizmente, a ciência está aí para nos ajudar.

Quanto mais conhecimentos temos, mais podemos fazer as escolhas certas em termos de saúde!

Recentemente, outro segredo foi descoberto…

Exercício e memória

Neurocientistas da Universidade de Genebra, na Suíça, fizeram um interessante teste com alguns voluntários jovens e saudáveis.

Eles foram orientados a fazer exercícios de ciclismo e depois tiveram sua memória testada.

Os testes foram realizados em três situações:

  1. Após 30 minutos de ciclismo moderado;
  2. Após 15 minutos de ciclismo intenso;
  3. Após um período de descanso.

As conclusões foram claras. Quando a atividade foi mais intensa, os ganhos de memória foram maiores. Além disso, houve melhora também no aprendizado de habilidades motoras.

Os pesquisadores afirmam que esses benefícios ocorrem pelo mesmo processo que nos causa aquela sensação de bem-estar após os exercícios físicos.

Mas qual será esse segredo que nos garante uma sensação prazerosa ao mesmo tempo que turbina nossa mente?

Descobrindo o segredo

É algo já de conhecimento da ciência, mas que o grande público só agora começa a desvendar.

Estamos falando dos endocanabinoides, moléculas que percorrem todo nosso corpo e têm a capacidade de aumentar a plasticidade das sinapses no nosso cérebro.

Talvez você já tenha ouvido falar dos canabinoides, presente no cânhamo e na canabis. Eles ficaram bem conhecidos ao se demonstrarem os efeitos benéficos do óleo canabidiol.

No caso, esses são os canabinoides exógenos. Mas há também os endógenos, ou seja, que o nosso corpo produz.

São eles que foram os responsáveis por uma melhora do cérebro quando se fazia exercícios intensos.

A Dra. Kinga Igloi, uma das autoras da pesquisa, explica:

“Eles [os endocanabinoides] circulam no sangue e cruzam facilmente a barreira hematoencefálica. Eles então se ligam para especializar os receptores celulares e desencadeiam essa sensação de euforia.

Além disso, essas mesmas moléculas se ligam a receptores no hipocampo, a principal estrutura cerebral para o processamento da memória”.

De fato, o sistema endocanabinoide é uma grande descoberta da ciência no último século. Para saber mais, confira este post especial sobre o assunto.

Mas, agora, a sugestão é que você se movimente da forma correta. Veja…

Hora do exercício intenso

Essa é mais uma pesquisa que confirma o quanto precisamos de exercícios para uma boa saúde mental.

E não estamos falando de longas corridas, que mais prejudicam do que ajudam.

Ficou claro que são os exercícios curtos e de alta intensidade que ativam as moléculas endocanabinoides, estimulando corpo e mente.

Isso confirma o que sempre comento por aqui quando indico o exercício supra aeróbico, como o descrito no meu livro 20 Minutos e Emagreça.

Trata-se de um HIIT que você pode fazer em qualquer lugar e toma apenas 20 minutos do seu tempo.

Mas essa “rapidez”, como vimos, não é um problema, mas sim uma vantagem!

Para entender como funciona essa atividade física, aconselho que você confira este outro artigo.

Nele eu explico por que os exercícios de longa duração podem lhe prejudicar e dou o passo a passo do exercício supra aeróbico.

Quanto antes começar, melhor – para seu corpo e sua mente!

Supersaúde!

Referências bibliográficas:

  • Blanca Marin Bosch, Aurélien Bringard, Maria Grazia Logrieco, Estelle Lauer, Nathalie Imobersteg, Aurélien Thomas, Guido Ferretti, Sophie Schwartz, Kinga Igloi. Effect of acute physical exercise on motor sequence memory. Scientific Reports, 2020; 10 (1) DOI: 10.1038/s41598-020-72108-1
  • Université de Genève. “Sport and memory go hand in hand.” ScienceDaily. ScienceDaily, 23 September 2020.
  • Corridas de Longa Distância podem estar Prejudicando sua Saúde!www.DrRondo.com
< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




























               Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link