Saúde

O Óleo de Coco não é Saudável?

De tempos em tempos, aparecem posições antagônicas sobre o óleo de coco.

Estou trazendo o que tem de mais recente sobre o assunto, assim você conversa com o seu médico para que lhe oriente corretamente.

Veja isso:

Um estudo recente da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, descobriu que o óleo de coco pode reduzir o risco de doenças cardíacas e derrames, quando consumido todos os dias durante um mês.

No estudo, os pesquisadores acompanharam 94 voluntários entre as idades de 50 e 75 anos. Nenhum deles tinha histórico de doença cardíaca.

Após quatro semanas de ingestão de três colheres de sopa de óleo de coco por dia, os participantes tiveram um aumento de 15% nos níveis saudáveis ​​de HDL, levando os cientistas a relatarem que esse superalimento pode reduzir o risco de desenvolver doenças cardíacas ou derrames.

Outro estudo analisou o risco de diabetes. Descobriu-se que os triglicerídeos de cadeia média (MCTs) no óleo de coco melhoram significativamente os níveis de açúcar no sangue e reduzem a resistência à insulina. E reduzir o risco de diabetes aumenta muito sua chance de evitar um ataque cardíaco.

Outros estudos mostraram que o óleo de coco:

  • Aumenta a função cerebral em pessoas com doença de Alzheimer
  • Reduz inflamação e artrite
  • Previne a osteoporose
  • Protege o fígado
  • Melhora a composição corporal e o peso em mulheres

Ao todo, foram mais de 1.500 estudos provando que o óleo de coco é um dos alimentos mais saudáveis ​​da Terra.

3 Dicas para consumir óleo de coco

  1. Pode ser usado no preparo de alimentos em altas temperaturas, pois não se degrada, deixando todos os ácidos graxos intactos.
  2. No preparo de smoothies. Use 02 a 03 colheres de sopa de óleo de coco associado com 01 a 02 frutas. Pode ser batido com iogurte natural e adoçado com stevia ou Lou Han Go. Adicionar gelo é opcional.
  3. Como barra nutricional. É uma ótima opção que pode ser lavada a todos os lugares, inibindo seu apetite e mantendo sua energia constante.

Sugestão:

  • 2 xícaras de amêndoas
  • 2 xícaras de castanha de caju
  • 2 xícaras de nozes
  • 1 colher de sopa canela
  • 1 xícara de pedaços de coco
  • 2 colheres de chá óleo de coco
  • 2 colheres de chá sal rosa do Himalaia

Instruções:

  • Pré-aqueça seu forno a 180º C.
  • Adicione todos os ingredientes a uma tigela grande e misture até ficarem totalmente combinados.
  • Coloque a mistura em uma assadeira grande e espalhe uniformemente em uma camada.
  • Assar por 10 minutos
  • Na sequência, misture mais os ingredientes e asse por mais 5-10 minutos.
  • Deixe esfriar e secar completamente antes de servir e guardar.

Precisa ficar bem claro que o óleo de coco desses estudos mencionados é o extravirgem orgânico.

Infelizmente, o problema que já temos com os óleos de oliva, cuja imensa maioria não é confiável, parece estar ocorrendo com o óleo de coco no Brasil.

Procure uma marca que realmente seja correta para obter todos os benefícios!

Referências bibliográficas:

  • Khaw KT, et al. “Randomised trial of coconut oil, olive oil or butter on blood lipids and other cardiovascular risk factors in healthy men and women.” BMJ Open. 2018;(8)3:e020167.
  • Han JR, et al. “Effects of dietary medium-chain triglyceride on weight loss and insulin sensitivity in a group of moderately overweight free-living type 2 diabetic Chinese subjects.” Metabolism. 2007;56(7):985-991.
  • De la Rubia Orti JE, et al. “Improvement of main cognitive functions in patients with Alzheimer’s disease after treatment with coconut-oil enriched Mediterranean diet: A pilot study.”J AlzheimersDis. July 20, 2018.
  • Vysakh A, et al. “Polyphenolics isolated from virgin coconut oil inhibits adjuvant induced arthritis in rats through antioxidant and anti-inflammatory action.” Int Immunopharmacol. 2014;20(1):124-130.
  • Hayatullina Z, et al. “ Virgin coconut oil supplementation prevents bone loss in osteoporosis rat model.”Evid Based Complement Alternat Med. 2012; 2012:237236.
  • Otuechere CA, et al. “Virgin coconut oil protects against liver damage in albino rats challenged with the anti-folate combination, trimethoprim-sulfamethoxazole.”.J Basic Clin Physiol Pharmacol. 2014;25(2):249-253.
  • Oliveira-de-Lira L, et al. “Supplementation-dependent effects of vegetable oils with varying fatty acid compositions on anthropometrican dbiochemical parameters in obese women.”Nutrients. 2018;10(7):932.
  • Óleo de coco – A gordura que pode salvar sua vida. Dr. Wilson Rondó Jr. Editora Gaia
< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *