Saúde

O Lado Obscuro dos Remédios para Gripe e Resfriado

A maioria das pessoas acredita que pelo fato de uma medicação ser vendida na farmácia, sem precisar de receita médica, é sinal que está ok para ser usado conforme você deseja. Só que, não é bem assim… Isso acontece muito no caso de remédios para gripe e resfriado, por exemplo.

Tomar remédios contra gripe over-the-counter (OTC) – aqueles que não precisam de receita – mesmo os mais populares, pode realmente aumentar o risco de ataque cardíaco.

Com certeza você já sabe que tomar drogas anti-inflamatórias não esteróides (AINEs) pode ser uma má notícia para o seu coração.

A partir de 2015, o FDA aumentou os avisos nos rótulo de AINEs, avisando que eles podem aumentar o risco de ataque cardíaco ou derrame.

Agora, um estudo recente descobriu que pacientes que sofrem de um resfriado comum ou gripe também correm maior risco.

E quando você toma AINEs enquanto está resfriado ou com gripe, triplica sua chance de ter um ataque cardíaco.

Até mesmo quando você tem uma doença leve, como uma sinusite ou resfriado, seu corpo produz proteínas inflamatórias e o seu sangue engrossa. Isso aumenta os seus riscos de se formarem coágulos sanguíneos.

O AINEs faz com que a sua pressão sanguínea suba, e que as suas plaquetas se juntem e possam obstruir os vasos sanguíneos.

Portanto, associá-los faz com que seu risco de ataque cardíaco dispare para quase 4 vezes mais, do que quando você está saudável e não toma AINEs.

É aí que está a preocupação…

A maioria dos remédios para gripe e resfriados OTC contêm AINEs. Essa associação é para melhorar os sintomas além de combater febre e dor, frequente nessas situações.

Portanto, pense 2 vezes antes de usar estas medicações.

Dicas para tratar gripes e resfriados

Vitamina D

O uso diário de vitamina D pode impedir que milhões de pessoas por ano sofram de gripes e resfriados, segundo um novo estudo publicado no British Medical Journal, que avaliou 11.000 pacientes.

Descobriu-se que entre os pacientes com os níveis mais baixos de vitamina D, a suplementação reduziu pela metade o risco de infecção respiratória aguda.

Procure manter seus níveis de vitamina D no intervalo de 80 a 100 ng / mL. Peça ao seu médico um exame de sangue se não souber quais são os seus valores.

A exposição ao sol é a maneira mais natural e eficaz de garantir que seus níveis de vitamina D estejam onde precisam. Mas o clima de inverno sombrio e o uso de protetor solar epidêmico significam que até 58% das pessoas estão deficientes em vitamina D.

Procure ficar ao sol por cerca de 20 minutos diariamente, expondo parte do seu corpo à luz solar. Só após se proteja com um protetor solar.

Segundo a literatura, a suplementação de vitamina D deve ser em torno de 5.000 UI por dia, mas converse com o seu médico para checar sua necessidade.

Peroxido de hidrogênio (água oxigenada)

Você sabia que a água oxigenada é uma substância natural que o seu corpo produz? E é justamente para combater doenças, sem qualquer efeito colateral. São os seus glóbulos brancos que a produzem, usando-a como uma tropa de choque para aniquilar germes invasores!

A água oxigenada tem ação bem eficiente, agindo melhor que alguns remédios para gripe e resfriados.  Quando utilizada logo no início dos sintomas, o peróxido de hidrogênio ajuda a curar o resfriado em até 15 horas. O correto é administrar cinco gotas do peróxido de hidrogênio a 10%  (H2O2) em cada ouvido. Você vai ouvir um crepitar, mas não se assuste. Isso é natural!

Deixe o líquido por até cinco minutos em cada ouvido. Depois disso, drene o conteúdo com o auxílio de um lenço. Procure fazer isso deitado de lado. Quando usado em resfriado já instalado, o peróxido ajuda na remissão mais rápida do problema.

 Ela é a sua 1ª linha de defesa, além de ser a melhor opção contra infecções causadas por bactérias, fungos, parasitas e qualquer invasor estranho. No tempo do frio, ela pode ser uma grande aliada!

Use peróxido de hidrogênio a 3%, encontrado em farmácias.

Esses são os melhores remédios para gripe e resfriados com os quais você pode contar. Tudo 100% natural e sem efeitos colaterais nocivos!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 300 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER
close-link

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 300 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre saúde e alimentação!
Conquiste uma super saúde agora!
(É GRÁTIS)
QUERO RECEBER
close-link