Nutrientes que Você Não Sabia que Estavam no Gergelim

Todo mundo geralmente conhece aquelas famosas sementes de gergelim pelo pão usado nos lanches fast food. Se você me acompanha, sabe o que acho dessa comida industrializada… Bom, pelo menos podemos dizer que tem uma parte saudável: o gergelim.

Então, sugiro que você ESQUEÇA o lanche fique só com essa semente, pelos motivos que vou contar a seguir.

Sementes de gergelim e ômega 3

Atualmente, nossa alimentação moderna conta com enormes quantidades de ômega 6, que é pró-inflamatório, e pouca quantidade de ômega 3, que combate inflamações.

As sementes de gergelim são uma fonte natural de ômega 3, ao lado de alimentos como nozes, amêndoas, sementes de girassol e sementes de abóbora.

Ainda assim, sempre é bom lembrar que você deve também obter seu ômega 3 de fontes animais ou suplementos, pois somente as fontes vegetais não são o suficiente.

Então, reforce em sua alimentação peixes de águas frias e profundas ou converse com seu médico sobre suplementos, como o óleo de krill.

Sementes de gergelim e magnésio

Outro problema da nossa alimentação atual é a falta de magnésio. Esse nutriente tem estado em falta na maioria das dietas: estima-se que 70% das pessoas estejam deficientes desse importantíssimo mineral!

Nisso o gergelim pode ajudar. Ele é uma ótima fonte de magnésio, ao lado de verduras verde-escuras como couve, espinafre e acelga, quinoa, amêndoas e cacau. Que tal preparar uma salada?

Cuidados com o gergelim

Como já comentei por aqui, tem ocorrido verdadeiras trapaças com os alimentos. Achamos que estamos comendo algo bom para a saúde, quando na verdade foram adicionados elementos nocivos sem que saibamos.

A maioria dos restaurantes, inclusive os de comida japonesa, que usam bastante o gergelim, preparam seus pratos com essas sementes torradas – e dessa forma, tudo certo. Mas há lugares que usam gergelim com sabor, podendo conter adoçantes e corantes artificiais. Nesse caso, fuja!

E, por fim, lembre-se: como disse no início, diga NÃO também aos junk foods. Não é porque eles contêm sementes de gergelim que podem ser ingeridos sem prejuízos, ok? Deixe o hambúrguer industrializado de lado e use o gergelim nas suas receitas saudáveis. Elas vão ficar ainda melhores – e sua saúde também!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




























               Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link