Saúde

Novidades sobre o Chá e a Saúde do seu Cérebro

Você já deve ter lido por aqui vários posts sobre os benefícios do chá, em especial os chás verde, preto e branco, derivados da planta do chá (Camellia sinensis). Com alto teor de antioxidantes, ele e é bastante pesquisado, e cientistas de todo o mundo estão sempre buscando entender como eles podem nos ajudar a ter uma vida mais saudável.

Pesquisas anteriores já demonstraram que beber o chá regularmente pode reduzir o risco de declínio cognitivo. São essas informações que pesquisadores da Universidade Nacional de Cingapura resolveram olhar mais de perto…

Eles avaliaram 36 voluntários, todos com mais de 60 anos de idade, analisando seus dados de saúde, bem-estar, estilo de vida e submetendo-os a testes neuropsicológicos e exames de ressonância.

Eles concluíram que aqueles que bebiam chá preto, verde ou oolong 4 vezes por semana por cerca de 25 anos tinham regiões do cérebro interconectadas de forma mais eficiente. O professor Feng, que liderou a pesquisa, dá um exemplo interessante que pode mostrar o significado disso:

“Tomemos a analogia do tráfego rodoviário como exemplo – considere as regiões do cérebro como destinos, enquanto as conexões entre as regiões do cérebro são as estradas. Quando um sistema rodoviário é melhor organizado, o movimento de veículos e passageiros é mais eficiente e consome menos recursos. Quando as conexões entre as regiões do cérebro são mais estruturadas, o processamento de informações pode ser realizado com mais eficiência”.

Portanto, fica mais essa dica! Se você gosta de um bom chá, saiba que ele pode manter a sua mente mais ativa! Mas fique atento, pois nem todos os chás são iguais…

Cuidados ao beber chá

Um primeiro cuidado básico é evitar a bebida extremamente quente. Pesquisas recentes indicam que ingerir líquidos com temperaturas acima de 60º C pode aumentar o seu risco de câncer de esôfago. Então, cuidado com os excessos!

Outra questão é saber a procedência do chá que você está tomando. Altos níveis de pesticidas vêm sendo encontrados em alguns chás. Portanto, deve-se ficar de olho na procedência do produto que você consome.

É importante também fazer a escolha certo sobre o tipo de chá. Existem diversos deles feitos da mesma planta, mas processados de formas diversas. Isso faz a diferença nos efeitos e benefícios para sua saúde. Para conhecer os tipos e fazer a escolha certa, clique aqui e veja um post especial sobre o assunto. Supersaúde!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *