Infantil

Natação para Crianças: é uma Boa Ideia?

Elas estão começando cada vez mais cedo. Há tempos atrás, a natação para crianças começava a partir dos 7 anos ou mais. Hoje, crianças muito mais jovens que isso já iniciam nessa prática. Até mesmo os bebês recebem aulas especializadas e se saem muito bem!

Bom, você já deve ter ouvido falar que a natação é uma das melhores atividades físicas, certo? E isso é realmente verdade. Eu mesmo sempre pratico!

Para você ter uma ideia, nadar aumenta o nível de BDNF, proteína que promove a memória. Quando você está imerso na água, o fluxo sanguíneo nas artérias do seu cérebro aumenta em 14%. A pressão da água também beneficia seus pulmões, que trabalham mais duro do que em terra.

E tem mais: você queima mais gordura do que em exercícios fora da água, melhora o condicionamento cardiovascular, força, flexibilidade, aumenta a circulação e tem melhoras na reabilitação de músculos e articulações. Uma beleza, não é mesmo?

Mas, e os pequenos? Será que a natação para crianças tem benefícios extras?

Benefícios da natação para crianças

Melhora a função cerebral

Um estudo feito por uma universidade australiana com 7 mil crianças, entre 3 e 5 anos de idade, concluiu que aquelas que nadavam tinham melhor desenvolvimento físico e mental quando comparadas a outras crianças da mesma idade.

Para você ter uma ideia, elas estavam 11 meses à frente em habilidades verbais, 6 meses à frente em habilidades matemáticas, 2 meses à frente em habilidades de alfabetização e 20 meses à frente na compreensão das direções.

Melhora a autoestima e a autoconfiança

Segundo um estudo alemão, crianças que têm aulas de natação dos 2 meses até os 4 anos de idade tendem a ser mais autoconfiantes e ter mais autoestima. A pesquisa indicou que esses pequenos se adaptavam melhor a novas experiências e eram mais independentes do que aqueles que não nadavam.

Outro estudo, com crianças de 4 a 6 anos, concluiu que elas tinham também mais autocontrole e se sentiam mais confortáveis em situações sociais. Os benefícios são atribuídos à convivência que elas tinham durante as aulas com os outros alunos e professores.

Cuidados com a piscina

Agora que você já sabe o quanto a natação para crianças é importante, é preciso ter atenção a alguns cuidados. Busque por piscinas que passam por limpezas periódicas. As melhores opções são:

  • Sistema de ozônio, que destrói bactérias patogênicas por oxidação, reduzindo bastante a necessidade de cloração. Porém, ainda serão necessários tratamentos de choque na água periodicamente para eliminar as algas.
  • Não usar o cloro continuadamente e só fazer tratamento de choque a cada 6 dias para eliminar o desenvolvimento de algas, como é feito em algumas piscinas de clubes.
  • Outra medida importante é tomar uma ducha antes de entrar na piscina e orientar as crianças a não urinarem na piscina. A urina pode reagir com os produtos de limpeza e criar químicos perigosos.

Por fim, sempre dê preferência a aulas de natação com professores especializados, mesmo se você tiver piscina em casa. Aliás, nesse caso é ainda mais importante: segundo um estudo de 2009, 88% dos afogamentos acontece nas piscinas residenciais. Se seu filho sabe nadar, os riscos diminuem bastante.

E, é claro, a socialização das aulas vai garantir todos os benefícios que falamos acima. Então, aproveite! Natação para crianças é um caminho para uma vida inteira com Supersaúde!

Referências bibliográficas:

  • Swim study reveals a smart pool of talent. 13. Ago. 2013. Griffith University.
  • Child Care Health Dev. 2010 May;36(3):428-30
  • Journal of Physical Education, Recreation & Dance, v53 n9 p23-25 Nov-Dec 1982
  • Arch Pediatr Adolesc Med. 2009 Mar;163(3):203-10
  • https://drrondo.com/piscina-lado-positivo-lado-negativo/
< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *