Prevenção

Longas Horas de Trabalho são Ruins para o seu Coração!

Frequentemente vejo pessoas que estão em um caminho insustentável. Amam o seu trabalho e acabam se dedicando excessivamente a ele. Com isso comprometem o convívio com esposa e até com os filhos, vindo a se tornar um pai ausente.

Além desse prejuízo familiar, há também um grande comprometimento da saúde. A maioria de nós sabe disso intuitivamente, mas vale a pena ver o que as pesquisas mostram.

Um estudo recente publicado pela Australian National University,descobriu que trabalhar longas horas aumenta o risco de fibrilação atrial, a arritmia cardíaca mais comum e um fator de risco para acidente vascular cerebral.

Porém, essas não são as únicas razões pelas quais você deva reduzir suas horas de trabalho. Elas ainda aumentam o risco de:     

  • Consumo excessivo de álcool
  • Tabagismo
  • Ganho de peso
  • Comprometimento do sono
  • Tensões de vida social           
  • Taxas mais elevadas de doença, lesão e morte

Então, o que fazer?

Eu sei que pode parecer que trabalhar longas horas não é uma escolha – é um requisito. E talvez isso seja verdade para alguns de vocês.Mas também sei, por experiência própria, que muitas vezes é possível reduzir as horas em que atingimos esse objetivo.

Eu não estou lhe dizendo isso para contar vantagem. Só quero que você saiba o que é possível quando decidimos trabalhar menos!

Sugestões para ajudá-lo a criar uma vida mais equilibrada

Se o seu trabalho está perturbando o seu equilíbrio entre avida pessoal e profissional, comprometendo a qualidade geral de sua vida, acredito ser a hora de rever conceitos.

1. Procure socializar mais. Especialmente se o seu ambiente de trabalho estiver cheio de pessoas difíceis, ou mesmo tóxicas, você precisará criar uma rede de apoio fora do seu trabalho.

2. Aprenda a estabelecer limites e dizer”não” quando necessário. Se você está acostumado a dizer”sim” a quase tudo que aparece, especialmente para não magoar os outros, e acreditar que só assim é querido, é hora de repensar essa posição.

3. Atividade física para compensar o seu emocional. Sugiro o treinamento supra aeróbico três vezes por semana. É prático e rápido e garante a sua saúde física. Além disso, ioga, meditação e pilates são boas opções.

4. Alimente-se corretamente com produtos saudáveis e evite ao máximo o junk food. Associe a isso uma suplementação vitamínica para lhe garantir um aporte nutricional adequado.

5. Priorize as atividades, pois estar frequentemente atrasado ou estressado só piora a situação. Coloque ordem nas suas atividades verdadeiramente “obrigatórias”, assim sua energia e tempo serão bem utilizadas.

Lembre-se, a vida é curta, portanto, procure otimizar seu trabalho e seu tempo.

Fica aqui esse alimento para o pensamento quando começar este próximo ano.

Referências bibliográficas:

  • Centers for Disease Control and Prevention. May 17, 2017
  • European Heart Journal.  Sep 2017;Vol 38, Issue 34, 7, Pages 2621–262
  •  National Institute for Occupational Safety and Health, Sleep Deprivation – Shift Work & Long Work Hours Put Nurses at Risk

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *