Alimentação

Laticínios Fermentados Reduzem seu Risco de Ataque Cardíaco

Você já deve ter ouvido por aí muita gente falando para evitar os laticínios. O que é preciso ficar claro é que, embora tudo em excesso possa trazer problemas, algumas opções são realmente boas. É o caso dos laticínios fermentados.

E eles não são só “bons”… São incríveis! E uma nova pesquisa traz novos dados que confirmam essa afirmação. O estudo, que foi feito por pesquisadores finlandeses, comparou homens que consumiam diferentes quantidades de laticínios fermentados.

E olha que não foi uma pesquisa rápida… Esses hábitos alimentares foram acompanhados por 20 anos! Os 2200 homens foram separados em 4 grupos, de acordo com maior ou menor consumo de laticínios, fermentados ou não.

Durante todo esse tempo, 472 deles tiveram ataques cardíacos. E adivinha em qual grupo estava a maioria deles? Isso mesmo, era os que consumiam menos laticínios fermentados.

E os resultados mostraram que aqueles que consumiam mais fermentados lácteos tiveram 26% menos risco de ter um ataque do coração. É o suficiente para você considerar colocá-los na sua dieta!

Quais são os laticínios fermentados?

Nessa lista de superalimentos que foram analisados na pesquisa estão:

  • Queijos
  • Iogurte natural
  • Kefir
  • Sour Milk (leite azedo, fermentado)

E os laticínios que não passam por fermentação?

O mesmo estudo concluiu que aqueles que consumiram laticínios normais em excesso tiveram aumento do risco cardíaco. Mas só mesmo em grandes quantidades, como uma média de quase 1 litro de leite por dia.

E nesse caso, se realmente estamos falando de leite pasteurizado e desnatado, de fato é um grande problema! Esses leites perdem as bactérias benéficas e a gordura boa que fazem bem para nossa saúde, e por isso não são um alimento tão indicado. Leite e queijo crus, quando feitos com as devidas condições sanitárias, são a melhor opção.

Por último, a cereja do bolo: de quebra, a pesquisa concluiu que o consumo de laticínios fermentados com alto teor de gordura, como certos queijos, não aumentou o risco cardíaco. Se você acompanha os artigos aqui do site sabe que isso não me surpreende.

Dia após dia vai caindo o mito das gorduras e seu suposto risco para a saúde cardiovascular. Alimentos fermentados e gordura natural boa são, na verdade, um prato cheio para uma boa saúde. Aproveite essas delícias!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *