Especiais

Kombucha: a Saborosa Bebida Probiótica que Virou Moda

Se você acompanha os artigos aqui do site sabe que sempre falo sobre a importância da sua saúde dos seus intestinos. Ter bactérias intestinais boas faz todo seu corpo funcionar melhor e previne doenças. Recentemente, muito tem se falado em um novo aliado para essa finalidade: o kombucha.

Embora esse nome tenha virado uma moda faz pouco tempo, a bebida é muito antiga. O kombucha é preparado há milênios no oriente, principalmente na China. Trata-se de uma bebida feita com as folhas da planta do chá (Camellia sinensis).

Após feito, adoçado e resfriado, mistura-se ao chá uma colônia específica de bactérias ou leveduras. Depois de algum tempo esses microorganismos vão consumir os açúcares, em um processo de fermentação – a mesma coisa que acontece com o vinagre e o vinho, por exemplo.

Benefícios do kombucha

Depois da fermentação, o resultado é uma bebida probíotica levemente ácida e saborosa. Ela fica cheia de enzimas e bactérias boas para sua flora intestinal, que vão ajudar na digestão adequada de tudo o que você se alimenta e servir como uma primeira barreira de defesa para doenças.

Além disso, como é feita com a mesma planta dos chás verde, preto e branco, acaba adquirindo alguns dos benefícios desses. É importante lembrar que os 3 chás são feitos da mesma folha, diferindo apenas do tempo de sua colheita e processamento. Assim, cada kombucha tem também sabores e benefícios diferentes.

Aqueles feitos com os chás verde e branco, por exemplo, estão repletos de antioxidantes e aumentam o seu metabolismo, ajudando na queima de calorias, melhorando níveis de colesterol e auxiliando na regulação dos seus níveis de açúcar no sangue.

Já os produzidos a partir do chá preto, que tem mais cafeína, são ótimos energéticos. (Veja mais sobre os benefícios de cada chá clicando aqui).

O kombucha é uma alternativa mais saudável ao uso de sucos e refrigerantes, e atualmente já existem lojas de produtos naturais que o comercializam. Ao comprar, lembre-se sempre de checar se o produto não foi adoçado após o processo, o que é desfavorável para você.

Há também versões com algum teor de álcool decorrente da fermentação. Converse com o produtor e adquira aquele que for de seu gosto. Certamente, sua saúde só tem a ganhar!

Referências bibliográficas:

  • Int J Food Microbiol. 2016 Mar 2;220:63-72
  • Eur J Clin Nutr. 1996 Jan;50(1):28-32.
  • Obesity (Silver Spring). 2007 Jun;15(6):1473-83.
  • Am J Clin Nutr. 1999 Dec;70(6):1040-5.
< Artigo AnteriorPróximo Artigo >
Médico, Cirurgião Vascular especializado em medicina preventiva e alta performance. Possui vários artigos publicados em revistas médicas, além de 8 livros com temas relacionados à nutrição, medicina preventiva e esportiva. (CRM 47078)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer receber?

Junte-se aos mais de 300 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre Saúde, Alimentação e Bem-estar e conquiste uma super saúde (É grátis)!

QUERO RECEBER
close-link

Acabei de escrever uma nova Dica! Quer Receber?

Junte-se aos mais de 300 mil leitores inteligentes que recebem dicas exclusivas sobre saúde e alimentação!
Conquiste uma super saúde agora!
(É GRÁTIS)
QUERO RECEBER
close-link