Jurema Branca – O Óleo Essencial Sagrado das Florestas Brasileiras

Você que me acompanha por aqui talvez já tenha lido sobre a importância dos óleos essenciais e viu alguns exemplos de como eles podem ajudar a sua saúde.

Seja pelo uso aromático ou até topicamente, em forma de loção ou cremes, eles são conhecidos há milênios pelos seres humanos que usam o poder da natureza a seu favor.

Agora, especialistas em óleos essenciais estão captando a essência brasileira ao destilarem óleos essenciais de plantas que só existem nas nossas florestas.

Algumas delas, já usadas de diversas formas pelos povos originários, mas que só agora chegam como óleo essencial para o grande público, o que é ótimo!

O óleo essencial sagrado da floresta

Nesse contexto, chama a atenção um óleo essencial feito de uma planta considerada sagrada tanto pelos indígenas como por várias religiões de matriz africana ou brasileiras.

É o óleo essencial de jurema branca.

Ele é extraído de uma das árvores chamadas jurema, a jurema branca (Mimosa verrucosa Benth.).

Essa planta, que é nativa da Chapada Diamantina, é conhecida pelo seu uso em rituais religiosos. 

Partes dela são usadas em bebidas que promovem estados alterados de consciência e, para os adeptos desse tipo de espiritualidade, o contato com as divindades ou com o sagrado.

Isso é causado por uma substância chamada dimetiltriptamina (DMT), que de fato promove efeitos alucinógenos, sendo assim só permitida pela lei dentro do culto dessas religiões, onde a planta é considerada sagrada.

Bom, mas isso que estou contando é apenas para te contextualizar sobre essa planta nativa e sua importância dentro de diversas tradições no nosso país.

Na verdade, o óleo essencial de jurema branca, só agora disponibilizado, não contém DMT e não causa nenhum efeito psicoativo, sendo assim de uso livre.

E como todo óleo essencial, ele traz diversos benefícios quando usado na aromaterapia. Veja:

Benefícios do óleo essencial de jurema branca

Ação antiviral, antifúngica e antibacteriana: Devido a substâncias como terpinen-4-ol, eugenol, óxido cariofileno, α-tuiona, 1,8-cineol, γ-terpineno, terpinoleno.

Ação imunoestimulante: Ajudando a manter sua imunidade em alta.

Melhor estímulo e foco mental: Principalmente para pessoas que estão estudando e precisam de bastante atenção.

Combate ao estresse: O óleo essencial de jurema branca é rico em fitocidas, os compostos aromáticos que dão aquele cheiro inconfundível às florestas. 

Diversas pesquisas já comprovaram que esse aroma natural nos deixa mais relaxados e emocionalmente equilibrados, reduzindo o estresse e consequentemente melhorando nossa imunidade e saúde geral.

Esse óleo essencial pode ser usado em difusores de ambiente ou como óleo de massagem, sempre lembrando-se de misturar apenas algumas gotas em um óleo carreador, como óleo de amêndoas, de coco ou de oliva.

No caso do uso tópico, sempre teste se o produto não vai lhe causar irritações.

Mesmo assim, antes de tomar qualquer atitude, converse com o seu médico e use conforme as recomendações para evitar qualquer efeito colateral ou interação com algum tratamento que já esteja fazendo.

Supersaúde!

 –

Este artigo contou com a colaboração de pesquisas e materiais do especialista Fabian Laszlo (Coordenador do Instituto Brasileiro de Aromatologia).

 –

Referências bibliográficas:

  • BARKER, Steven A.; MCILHENNY, Ethan H.; STRASSMAN, Rick. A critical review of reports of endogenous psychedelic N, Ndimethyltryptamines in humans: 1955–2010. Drug testing and analysis, v. 4, n. 7-8, p. 617-635, 2012.
  • SILVA ARAÚJO, M.T. et al. (2010). Etnobotânica histórica da Jurema no Nordeste Brasileiro. Etnobiología, 8, 1-10.
  • SANTOS-SILVA, J.; FRAGOMENI, S.M.; TOZZI, A.M.G. de A. Revisão taxonômica das espécies de Mimosa ser. Leiocarpae sensu lato (Leguminosae – Mimosoideae). Rodriguésia, Rio de Janeiro, v. 66, n. 1, p. 95-154, 2015.
  • STRASSMAN, Rick. DMT and the Soul of Prophecy: A New Science of Spiritual Revelation in the Hebrew Bible. Inner Traditions/Bear & Co, 2014.
  • Está na Hora de se Reconectar com a Natureza – www.DrRondo.com
< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *






















                           Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link