Fibras Contra a Depressão?

Seu médico deve já ter falado: “Você deve comer mais fibras se quiser melhorar os intestinos e prevenir doenças!”

Seu nutricionista já deve ter falado: “Você deve comer mais fibras se quiser emagrecer!”

O seu treinador da academia pode também ter comentado: “Além dos nutrientes básicos, você não pode deixar as fibras de lado se quiser ganhar músculos…”

E agora eu vou te falar algo também. Quer ficar com a saúde mental em dia e prevenir a depressão?

Sim, você deve comer mais fibras!

Mas, por quê?

Porque está cada vez mais clara a relação entre nossos intestinos e o nosso cérebro!

Achou estranho? Calma, eu explico. Veja este exemplo…

Um estudo feito pela North American Menopause Society (NAMS) avaliou 5.800 mulheres em idades variadas.

Foram observados o seu nível de consumo de fibras e as condições de saúde mental.

Segundo os pesquisadores, no caso das mulheres que ainda não haviam passado pela menopausa, quanto mais fibras elas consumiam, menos tinham depressão!

A resposta pra isso é muito simples: com mais fibras, se tem uma melhor ecologia intestinal…

E quanto melhor a ecologia intestinal – como a ciência já sabe – mais eficientes e saudáveis são os neurotransmissores, justamente o que você precisa para ficar com a saúde mental em dia!

Já nas mulheres na pós-menopausa o aumento das fibras não foi tão eficaz, mas porque as mudanças hormonais também influenciam na flora intestinal.

Ou seja: em ambos os casos, se confirma a importância das bactérias boas nos intestinos para uma combater a depressão.

Aliás, 90% dos neurotransmissores relativos ao humor, como a serotonina e a dopamina, são produzidos nos intestinos!

Entendeu agora? A natureza é fantástica!

Como aumentar o seu nível de fibras

As fibras estão em vários alimentos, e a primeira coisa que você precisa saber é a diferença entre elas.

As fibras solúveis são aquelas que seu corpo consegue digerir. Elas formam uma textura gelatinosa no trato digestivo, o que retarda a digestão e aumenta saciedade. E por isso que elas também ajudam no emagrecimento.

Estão em alguns alimentos como:

  • pepinos
  • mirtilos
  • feijões
  • nozes

As fibras insolúveis não são dissolvidas pelo organismo, mas também são muito importantes. Elas aumentam o volume das fezes e o trânsito intestinal, eliminando mais rápido as toxinas que precisam cair fora do seu corpo!

São encontradas por exemplo em:

  • folhas verdes escuras
  • feijão verde
  • aipo
  • cenoura

E há alimentos que contêm os 2 tipos de fibras, como:

  • Sementes de psyllium e chia
  • Legumes como brócolis, couves de Bruxelas e couve-flor
  • Raiz de legumes e tubérculos, incluindo cebolas e batata doce
  • Amêndoas e ervilhas

Lembre-se que as fibras são o combustível das bactérias boas. Então, sem elas, você não terá a proteção de uma boa flora intestinal.

Agora, se quiser melhorar ainda mais os intestinos, use alimentos fermentados ou um bom suplemento probiótico, que leva essas bactérias direto onde são necessárias.

Clicando aqui você vai ver uma lista de artigos com tudo o que você precisa saber sobre probióticos e flora intestinal.

Confira e aproveite. Conhecimento é fundamental para uma Supersaúde!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *






















                           Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link