Está na Hora de se Reconectar com a Natureza

Nos últimos tempo muito se tem falado sobre preservação ambiental e o cuidado com o planeta em que vivemos. Segundo esse tipo de pensamento, uma nova forma de ver a natureza, voltando às origens e nos conectando com ela surge como uma solução para os problemas que enfrentamos atualmente.

Além disso, o que diversas pesquisas têm mostrado é que essa busca pode também fazer bem para a nossa saúde. Um novo estudo, conduzido por universidades britânicas e publicado no Journal of Environmental Psychology, avaliou quais as consequências de um maior contato das pessoas com a natureza.

Eles concluíram que aqueles que tinham acesso a espaços verdes se sentiam psicologicamente mais conectados ao mundo natural. Eles também relataram ter maior sensação de bem-estar, tanto físico quanto mental.

Trata-se de algo que pesquisas anteriores já demonstraram, em diversos cenários. A novidade desse estudo, entretanto, está relacionada aos bons hábitos ecológicos.

Também se observou que indivíduos que visitam espaços naturais semanalmente ou se sentem mais conectados à natureza modificam sua relação com o meio ambiente. Eles estão mais propensos a realizarem reciclagem ou se engajarem em outras atividades de preservação. Interessante, não é mesmo?

Conectar-se com a natureza: uma solução para vários problemas

Como comentei, não é a primeira vez que a ciência confirma os benefícios de um contato mais direto com o ambiente natural. Já foi mostrado que:

  • Pessoas que passam pelo menos 120 minutos semanais em meio à natureza são mais propensas a ter boa saúde e maior bem-estar psicológico do que aquelas que não visitam a natureza ou o fazem por menos tempo que isso.
  • Odores naturais, como das árvores e flores, induz nosso corpo a reduzir os níveis de estresse e irritação.
  • Crianças que crescem perto da natureza se tornam adultos com melhor saúde mental.
  • Pessoas que tinham contato com a natureza por pelo menos 20 minutos por dia relatam ter muito mais vitalidade para suas tarefas diárias.

Por fim, vale sempre lembrar: leve a natureza também para o seu prato! Deixe de lado as comidas industrializadas e opte pelo mais natural possível. O melhor para você são gorduras de animais criados a pasto, proteínas em moderação e vegetais folhosos em abundância. É a forma como nossos ancestrais se alimentavam, a mais certa para nós. Confira um pouco mais sobre a dieta keto clicando aqui e Supersaúde!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




























               Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link