Edamame: Tão Saudável como Você Imagina?

O Edamame é um aperitivo comum servido nos restaurantes japoneses. Uma alternativa “saudável” no conceito de muitos…

Mas será?

Apesar de ser amplamente elogiado pela maior parte das vitaminas e nutrientes que supostamente possui, o Edamame pode potencialmente expô-lo a uma variedade de riscos para a saúde quando consumido cru ou não cozido, ou em excesso.

O que é Edamame?

É a soja crua, e esse é o nome em japonês que significa “feijão em vagens”.

São colhidos antes de começarem a amadurecer. São comestíveis quando apresentam coloração verde clara.

Requer um cultivo de forma diferente da soja convencional.

A única diferença entre a soja e o edamame é o período de tempo em que são colhidos.

Contém:

  • Grandes quantidades de lectinas e outras toxinas nocivas – As lectinas são proteínas que funcionam como um mecanismo de proteção para a planta, com ação pró-inflamatória, imunotóxica, neurotóxica e citotóxica. Estão presentes em alta concentração especialmente na soja e trigo
  • Fitoestrógenos – Produtos químicos que são funcionalmente semelhantes ao estrogênio, podem afetar negativamente a fertilidade masculina e aumentar o risco de câncer de mama em mulheres.
  • Proteínas, cálcio e várias vitaminas.

Efeitos nocivos da soja e do Edamame

  • Má absorção gástrica: a soja contém inibidores de enzimas que impedem a digestão de proteínas e a absorção de nutrientes.
  • Maior risco de coagulação do sangue: pela grande quantidade de hemaglutinina, a soja não fermentada pode fazer com que os glóbulos vermelhos se aglutinem excessivamente promovendo maior risco de formação de coágulos e trombos vasculares.
  • Deficiência mineral: a soja não fermentada contém altos níveis de fitatos, substâncias que comprometem a absorção de minerais essenciais ao organismo.
  • Infertilidade: como a maioria da soja disponível em mercado é transgênica, contém grandes quantidades de produtos químicos prejudiciais. Por isso, pode aumentar esse risco.

Conselho:

A única forma de soja que é ideal para consumo humano é a soja fermentada, que geralmente está disponível como tempeh, misso e natto, porque a fermentação desativa essas toxinas.

Fique atento! Nem tudo o que dizem que é saudável é realmente bom para a sua saúde!

Referências bibliográficas:

  • The Lancet July 5, 1997; 350(9070): 23-27
  • Medical News Today May 4, 2012
  • Biology of Reproduction May 2, 2012
  • Food Chemistry June 15, 2014: 153; 207-215
  • Medical News Today – Dec 14, 2017
  • Food Navigator October 30, 2017
  • Time October 30, 2017
< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




























               Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link