É Hipertensão ou Menopausa?

Quando ocorrem ondas de calor, palpitações e sintomas similares em mulheres de meia idade, muitos correm para fazer um diagnóstico rápido…

Só pode ser a chegada da menopausa!

Será mesmo?

Bom, nem sempre…

Quem faz esse alerta é a Sociedade Europeia de Cardiologia. Segundo um novo estudo, quase metade das mulheres podem desenvolver hipertensão antes dos 60 anos.

Mas muitas vezes se acha que os sintomas são causados pela menopausa, quando o problema é a pressão alta!

É lógico que isso é um grande perigo. Afinal de contas, sem o tratamento e os cuidados adequados para essa condição, aumentam muito os riscos cardiovasculares.

Segundo a pesquisa, as mulheres devem estar atentas a uma série de condições que aumentam a chance de hipertensão. Veja:

Menopausa precoce: Descobriu-se que nos casos de menopausa precoce (quando ela acontece antes dos 40 anos de idade) há um grande aumento do risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

Hipertensão durante a gravidez: Mulheres que tem hipertensão durante a gravidez poder ter maior possibilidade de desenvolverem hipertensão quando ficarem mais velhas.

Complicações na gestação: Problemas na gravidez, como a pré-eclâmpsia, foram associadas a um aumento de 4 vezes na insuficiência cardíaca e hipertensão, além de o dobro de risco de acidente vascular cerebral (AVC).

Doenças inflamatórias e autoimunes: Condições inflamatórias autoimunes, como artrite reumatoide e lúpus, são mais comuns em mulheres do que em homens e aumentam o risco cardiovascular próximo à menopausa.

É hora de prevenção!

A Professora Angela Maas, autora do estudo, é categórica ao afirmar:

“Sabemos que a pressão arterial é tratada menos nas mulheres do que nos homens, colocando-as em risco de fibrilação atrial, insuficiência cardíaca e derrame – o que poderia ser evitado.

As mulheres podem ajudar seus médicos a prevenir problemas cardíacos e fazer diagnósticos precoces, mencionando questões como gravidez complicada e menopausa precoce e monitorando sua própria pressão arterial.”

E digo mais… Se você tomar os cuidados preventivos, é bem menos provável que passe por esse tipo de situação.

Então, comece desde já a ter uma vida mais saudável!

Pratique atividade física regularmente. É o passo número 1 para se evitar a hipertensão. Até quem já tem pressão alta se beneficia, como já comentei neste outro artigo.

Alimente-se de forma saudável. Evite comida refinada, industrializada e grãos. A melhor dieta é aquela que imita os nossos antepassados, com gorduras naturais boas, proteína na medida certa, muitos vegetais e o mínimo de carboidrato.

Uma dica natural para pressão alta e menopausa

É bom contar também com uma ajudinha da natureza sempre que possível.

Se você me acompanha por aqui, já deve ter ouvido falar do óleo essencial de neroli, que é extraído das flores da laranjeira.

O fato é que um estudo de 2014 concluiu que o aroma desse óleo essencial se mostrou eficiente na redução de sintomas da menopausa, como estresse, falta de libido e… pressão alta!

Além disso, outra pesquisa, de 2012, demonstrou que pessoas hipertensas que foram expostas a aromaterapia, tanto com o neroli quanto outros óleos essenciais, tiveram redução da pressão e dos níveis do cortisol, o hormônio relacionado ao estresse.

Então, essa é mais uma alternativa.

Mas, é claro, você deve conversar com o seu médico antes de tomar qualquer atitude, certo?

Fique de olho na pressão arterial. A prevenção é a melhor medicina! Supersaúde!

Referências bibliográficas:

  • Angela H E M Maas, Giuseppe Rosano, Renata Cifkova, Alaide Chieffo, Dorenda van Dijken, Haitham Hamoda, Vijay Kunadian, Ellen Laan, Irene Lambrinoudaki, Kate Maclaran, Nick Panay, John C Stevenson, Mick van Trotsenburg, Peter Collins. Cardiovascular health after menopause transition, pregnancy disorders, and other gynaecologic conditions: a consensus document from European cardiologists, gynaecologists, and endocrinologists. European Heart Journal, 2021; DOI: 10.1093/eurheartj/ehaa1044.
  • European Society of Cardiology. “Hypertension symptoms in women often mistaken for menopause.” ScienceDaily. ScienceDaily, 26 January 2021.
  • Medicações para Pressão Alta e seus Riscoswww.DrRondo.com
  • Há Risco em se Exercitar com Pressão Alta?www.DrRondo.com
< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *






















                           Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link