Dieta

O que diz o Mais Novo Estudo sobre a Dieta do Mediterrâneo para Mulheres

Muitas pesquisas já confirmaram os benefícios dos alimentos da Dieta do Mediterrâneo para a saúde.Os resultados mostram, em especial, proteção cardiovascular e contra o risco de diabetes.

Mas essa nova pesquisa fala principalmente sobre como as mulheres podem se beneficiar. Com os dados dos estudos anteriores em mãos, os pesquisadores queriam descobrir mais a fundo porque e como isso acontece no organismo.

Para isso, eles analisaram os dados de cerca de 25 mil mulheres, que responderam questionários sobre seus hábitos alimentares. Depois disso, elas foram acompanhadas durante um período de 12 anos. O objetivo era identificar eventos como ataque do coração, AVCs e mortes por problemas cardíacos.

As participantes do estudo foram divididas em 3 grupos: um que consumia poucos alimentos da Dieta do Mediterrâneo, um que consumia de forma mediana e outro que fazia isso com maior frequência.

Bom, o que eles descobriram você já deve imaginar. Houve redução de processos inflamatórios, melhora na resistência à insulina e emagrecimento. Mas você faz ideia do que isso representa?

Eu te conto: no total, houve uma redução de incríveis 23% do risco de doença cardiovascular nas mulheres do grupo intermediário e de 28% naquelas que consumiam os alimentos da Dieta do Mediterrâneo com maior frequência.

Segundo os próprios pesquisadores, é o equivalente ao tratamento com remédios, como as estatinas – embora eu já tenha comentado por aqui que essas drogas, na verdade, causem mais mal que bem…

Então, mais uma vez fica reafirmado: quando você se previne, fazendo do alimento o seu remédio, mantém longe as doenças cardíacas, a diabetes, a inflamação e os medicamentos químicos, com todos seus efeitos colaterais.

E essa pesquisa mostra que se trata de uma verdade comprovada, especialmente no caso mulheres.

Alimentos da Dieta do Mediterrâneo

Os ingredientes da Dieta do Mediterrâneo incluem:

  • Azeite de oliva
  • Vinho tinto
  • Castanhas
  • Vegetais
  • Peixes
  • Queijos e iogurtes

Acrescento ainda a carne vermelha de animais criados a pasto. Embora não esteja sempre na lista de alimentos dessa dieta, ela potencializa os benefícios pelas suas gorduras boas,proteínas, vitaminas e minerais.

Coloque esses Superalimentos na sua rotina e tenha a certeza de uma Supersaúde!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *