Cuidado com a Homocisteina. Um perigo para Alzheimer!

Homocisteína elevada é inimiga da boa performance cognitiva e da memória. Estudos recentes têm comprovado o quanto o excesso desse aminoácido pode ser destruidor e facilitar a ocorrência de demências senis como o Alzheimer.

E basta um simples exame de sangue para facilitar o tratamento preventivo, feito com vitaminas B12, B6 e ácido fólico. Até 10 umol/l o índice é considerado normal. Acima disso, crescem os riscos de comprometimento dos vasos sanguíneos.

Quando ataca as micro artérias cerebrais, com possíveis tromboses e derrame, pode comprometer seriamente a capacidade cognitiva.

Fique atento, converse sobre o assunto com o seu médico.

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




























               Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link