[Confirmado] Seu DNA Não Prevê o seu Futuro!

Isso é algo que venho falando já faz algum tempo, e cada vez mais a ciência tem confirmado. Desde quando os cientistas começaram a entender melhor nosso DNA e até a mapeá-lo, muitos acharam que a chave para todas as doenças estaria na nossa genética…

As pessoas compraram essa ideia, e acabou surgindo uma indústria de testes genéticos. Todos querem analisar seu DNA para saber se correm o risco de terem alguma doença grave no futuro, como se fosse uma sentença inevitável de morte! Mas não é bem assim…

Seu DNA não é uma bola de cristal

Um estudo feito pela Universidade de Alberta, no Canadá, avaliou dados de duas décadas de estudos sobre a influência dos genes no surgimento de doenças. É a maior meta análise já feita sobre mutações genéticas comuns e sua relação com condições de saúde.

Segundo os pesquisadores, os resultados são claros: na maioria dos casos, nossos genes estão relacionados a apenas 5% do risco de desenvolvimento de doenças, número que pode variar para cerca de 10%.

Algumas exceções encontradas no estudo são a doença de Crohn, a doença celíaca e a degeneração macular, que têm uma contribuição genética de aproximadamente 40 a 50% – ainda assim, algo muito longe de uma previsão exata ligada ao DNA…

Então, não há como prever doenças?

Segundo o autor do estudo, David Wishart, que é professor do Departamento de Ciências Biológicas da Universidade de Alberta, há algo muito mais importante que pode indicar se você terá uma doença no futuro… O seu estilo de vida!

“Apesar dessas raras exceções, está ficando cada vez mais claro que os riscos de contrair a maioria das doenças surgem do metabolismo, do ambiente, do estilo de vida ou da exposição a vários tipos de nutrientes, produtos químicos, bactérias ou vírus. Esta pesquisa também destaca a necessidade de entender nosso ambiente e a segurança ou qualidade de nossos alimentos, ar e água.”

Portanto, mesmo que você tenha alguma propensão a certa doença no seu DNA, saiba que ela só se tornará uma realidade se você tomar as decisões erradas e não se cuidar. Por isso é importante estar sempre atento ao que você come, em como se exercita e até nos poluentes ambientais que podem estar entrando no seu corpo.

Na verdade, trata-se de uma boa notícia. É ótimo saber que o poder de evitar doenças graves está nas nossas mãos. Felizmente, hoje temos toda a informação disponível ao nosso redor, como tudo o que trago sempre por aqui para seu conhecimento. Faça do cuidar de si mesmo uma resolução para este ano. E Supersaúde!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




























               Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link