[Confirmado] Quem Medita, tem a Saúde Protegida!

Existem práticas que, quanto mais se pesquisa, mais benefícios são encontrados. É o caso da meditação, por exemplo. Se você me acompanha, sabe que ultimamente tenho falando bastante nisso. Agora, uma nova pesquisa mostra que quem metida recebe uma proteção extra para a saúde…

Alguns pesquisadores americanos resolveram colocar à prova dados de pesquisas anteriores sobre o tema. Esses estudos relacionavam a prática de meditação a fatores como:

  • Melhora da pressão arterial;
  • Auxílio para parar de fumar;
  • Melhora da saúde cardiovascular de uma forma geral.

Para comprovar essas informações, foram analisados dados de uma pesquisa maior em saúde, que avaliou cerca de 61 mil pessoas. Dessas, 10% disseram praticar algum tipo de meditação. Mas será que eles estavam mais protegidos que os outros? Os resultados foram impressionantes!

Quem medita protege o coração?

Já vou logo lhe adiantando… A resposta é sim! Em comparação com as pessoas que não meditavam, a diferença mais considerável foi com relação à doença arterial coronariana.

Quem medita, segundo estudo, tem 51% a menos de risco da doença do que aqueles que não praticam nenhum tipo de meditação! E tem mais… Eles também tinham menores risco de diabetes, derrame, pressão alta e melhores níveis de colesterol.

Falando em números mais exatos, a pesquisa concluiu que quem NÃO medita teve:

  • 65% de chance de ter níveis mais altos de colesterol
  • 70% maior risco de diabetes
  • 76% maior risco de derrame
  • 86% maior possibilidade de apresentarem pressão alta

Isso confirma que a prática de meditação, de fato, ajuda seu organismo a ter saúde de forma integral. A pesquisa afirma que foram também comparados outros dados, estilos de vida e hábitos, como fumar, idade, sexo e índice de massa corporal. Mesmo assim, os benefícios de meditar continuavam!

Os pesquisadores, como sempre, são cautelosos, e dizem que o estudo não pode confirmar que a meditação afeta diretamente o seu coração. O que é possível observar é que aqueles que meditam parecem estar mais protegidos, o que se reflete nesses números, incluindo a saúde cardiovascular.

“Acredito na meditação, pois ela pode nos dar uma sensação de calma, paz e redução do estresse, levando à melhoria do nosso bem-estar emocional”, comenta o Dr. Krittanawong, um dos autores da pesquisa.

Além disso, mais pesquisas já associaram a meditação a outros efeitos positivos. As diversas práticas melhoram também o seu humor e reduzem o estresse, melhorando os níveis de cortisol.

No mundo moderno e agitado em que vivemos, estamos sempre sujeitos ao estresse crônico, que é altamente prejudicial à saúde. E o que se tem visto nos últimos estudos é que quem medita inclusive tem mais resiliência para lidar com os desafios diários.

Meditar tem influências até mesmo nos seus genes, o que aumenta a produção de proteínas de defesa do organismo. Isso significa dizer que sua imunidade melhora – algo fundamental nesses tempos de pandemia.

Portanto, lembre-se sempre de que mente e corpo estão conectados, e cuidar de si como um todo é importantíssimo para uma Supersaúde. Pense nisso… E medite!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




























               Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link