Como suas Palavras Moldam o seu Bem-Estar

Quando se refere às suas emoções, você costuma usar mais palavras positivas ou negativas? Será que elas têm influência na forma como nos sentimos?

Sempre ouvimos falar que as palavras têm poder, mas essa afirmação nunca foi colocada à prova.

O que sabemos é que nossas emoções podem de fato ter efeitos na nossa saúde. Mas o papel nas palavras nisso não costuma ser bem discutido…

Pensando nessa intrigante questão, alguns pesquisadores da Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos, fizeram uma análise de textos pessoais de mais de 35 mil indivíduos.

Além disso, eles também avaliaram outros 1.567 universitários, que foram orientados a escreverem ensaios e tiveram seu humor analisado durante o tempo do estudo.

Os pesquisadores descobriram que a forma e a intensidade com a qual essas pessoas usavam as palavras determinava também como seriam suas emoções. Por exemplo:

  • Voluntários que usavam muitas palavras diferentes para a tristeza tendiam a se mostrar mais tristes na medida em que o tempo passava.
  • Os que tinham um amplo vocabulário para falar do medo tendiam a ficar mais preocupadas.
  • E aqueles que usavam mais nomes para designar a raiva, simplesmente mostravam um comportamento furioso!

Por outro lado, as pessoas que escreviam e falavam sobre termos relacionados a saúde e bem-estar, como boas realizações e atividades de lazer, tinham marcadores maiores de bem-estar. E não é só isso…

Eles também apresentavam melhor saúde e menores níveis de depressão!

Incrível, não é mesmo?

Bom, ninguém está falando que você precisa ocultar seus sentimentos negativos, pois sabemos que isso também pode ser prejudicial.

Mas manter uma atitude mental mais positiva e usar palavras que evoquem bem-estar parece realmente ser importante para se manter mais feliz e consequentemente saudável.

Mantenha seu bem-estar e tenha mais saúde

Tenha em mente que não são só as palavras que interferem no seu bem-estar. Caso você se descuide, outros fatores também são problemáticos. Veja algumas dicas importantes que poderão ajudar:

1 – Atenção aos pensamentos negativos

A negatividade não afeta somente o seu bem-estar. Estudos afirmam também que pessoas mais pessimistas tem a imunidade prejudicada. Portanto, veja o lado bom das coisas!

2 – Seja otimista, mas com senso de realidade

Uma pesquisa recente demonstrou que pessoas que são otimistas, mas sem expectativas exageradas, têm maior bem-estar.

Elas conseguem avaliar os prós e contras de tudo o que fazem, tomando melhores decisões e consequentemente se frustrando menos. Isso aumenta seus níveis de satisfação e bem-estar.

3 – Cuidado com a solidão

Outro fator psicológico que piora a sua imunidade é a sensação de solidão. Busque companhia, seja dos familiares ou amigos, ainda que por meio virtual. Trata-se de algo importante para nos mantermos saudáveis. Nós evoluímos em grupo e precisamos uns dos outros.

4 – Treine sua mente

Nem sempre é fácil mudarmos a forma como pensamos e vemos o mundo. Mas felizmente há várias técnicas de treino mental capazes de nos auxiliar. As várias formas de meditação, por exemplo, são algumas delas! Clicando aqui você poderá conferir uma série de posts sobre o assunto. Aproveite!

Bom, agora só depende de você. Cultive bons pensamentos, palavras positivas, tenha mais bem-estar e uma Supersaúde!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




























               Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link