Prevenção

Como os Problemas de Pressão podem Aumentar seu risco de Demência

Enquanto o número de pessoas com problemas de pressão aumenta assustadoramente em todo o mundo, novas pesquisas continuam a encontrar relações entre esta e outras doenças do mundo moderno. É por isso que sempre digo o quanto é urgente cuidar da sua pressão arterial!

Veja, por exemplo, o que os pesquisadores do Johns Hopkins University School of Medicine, nos Estados Unidos, encontraram recentemente… Eles analisaram os dados de 4700 pacientes durante 25 anos, buscando relacionar a hipertensão ao declínio cognitivo.

Além das medições de pressão, essas informações incluíam exames cognitivos, os relatos de cuidadores (no caso de idosos), e as informações sobre altas hospitalares e óbitos.

Ao final da pesquisa, concluiu-se que pessoas que tinham hipertensão durante a meia idade e a terceira idade tinham, nada mais nada menos, que um risco 49% maior de desenvolverem demência!

Deixar para cuidar da pressão mais tarde pode piorar a situação

Mas um outro dado deixou os pesquisadores ainda mais em alerta – e acho que deveriam deixar você também. Você conhece alguém que tem pressão alta, mas não dá muita importância para isso?

É comum pessoas que não previnem a hipertensão, tem o problema e só começam a combatê-lo quando chega a idade. Quando isso acontece e os números abaixam demais, o risco de declínio cognitivo é ainda maior!

De acordo com essa nova pesquisa, pessoas de meia idade que tem pressão alta e depois passam a ter pressão baixa (abaixo de 9/6) quando ficam idosas, tem um risco aumentado de demência em 62%! O ideal é mantê-la em níveis normais, tanto em jovens quanto em idosos.

E como sempre comento, a prevenção é a melhor medicina. Se você passa por isso, já chegou a hora de tomar alguma atitude. Não espere o tempo passar e a situação piorar! Algumas medidas naturais simples são de grande auxílio nesse sentido. Fiz um post especial sobre o assunto que você pode conferir clicando aqui.

As dicas valem também para quem não tem pressão alta. Afinal de contas, são hábitos saudáveis que todos devem ter a fim de prevenir este e outros problemas.

Tome as rédeas da sua saúde. Só depende de você!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *