Como a Flora Intestinal Influencia o seu Sono

Ei, você aí…

Está difícil dormir, não é mesmo?

Eu sei. Muita gente tem passado por isso atualmente.

O pior é que há aqueles que acabam recorrendo aos remédios, o que está longe de ser uma boa ideia.

Afinal, todos os medicamentos químicos envolvem certos riscos e efeitos colaterais.

Então, o que fazer? Aqui vai uma dica preciosa e simples: cuide da sua flora intestinal!

Mas qual a relação entre a ecologia intestinal e o sono? O que uma coisa tem a ver com a outra?

Vou explicar…

Flora intestinal e sono

Para entender, pesquisadores japoneses fizeram um estudo simples com animais, onde demonstraram claramente o que ocorre.

Primeiro, separaram um grupo de ratos e deram bastante antibióticos para eles. Isso destruiu a flora intestinal dos bichinhos – que é o que acontece também com a gente quando tomamos antibióticos…

Depois, eles compararam os metabólitos (resultado da quebra dos alimentos pela digestão) dos animais de flora intestinal prejudicada com aqueles normais.

Descobriu-se, então, que os ratos de ecologia intestinal ruim tinham em média 60 tipos de metabólitos a menos do que os outros.

Agora é que vem a parte interessante: também se concluiu que esses nutrientes, ausentes no caso da microbiota prejudicada, estavam ligados à produção de neurotransmissores importantes para o sono.

Observou-se que os ratos nessas condições não conseguiam transformar o aminoácido triptofano, que consumiam pela alimentação, no hormônio serotonina, que é o que deveria ocorrer.

O resultado: a deficiência desse hormônio importante prejudicava – e muito – o sono!

Uma análise de atividade cerebral dos animais durante a noite também revelou que aqueles com flora intestinal ruim, quando dormiam, tinham um sono de qualidade inferior.

Otimizando seu triptofano

Se você me acompanha por aqui, certamente já leu algo sobre o triptofano e como ele é importante para produção de serotonina.

Ele está presente em alimentos como:

  • carne de peru / frango
  • leite, de preferência cru e orgânico
  • carne vermelha de animais criado a pasto
  • peixes selvagens
  • queijo cru
  • ovos orgânicos

Por causa do aminoácido, é de se esperar que quem come esses alimentos consiga dormir melhor.

Mas o que essa pesquisa mostra é também algo que sempre digo: não é só o que você ingere que faz a diferença, mas também o que seu corpo consegue absorver.

Ou seja, não vai adiantar consumir triptofano se você não tiver bactérias boas nos intestinos para transformá-lo em serotonina!

Então, se quiser dormir bem, está na hora de cuidar da flora intestinal.

Consuma alimentos fermentados, vegetais folhosos e se possível agregue um bom suplemento probiótico ao seu dia a dia.

Outra dica importante é fazer uma dieta keto, evitando carboidratos, açúcar e grãos, que pioram a ecologia intestinal e a saúde em geral.

Opte por uma dieta keto, que privilegia gorduras naturais boas, proteínas na quantidade certa e vegetais.

Logo sua flora intestinal vai estar em dia e você vai notar não só uma melhora no sono, mas também nos níveis de energia e emagrecimento.

Clicando aqui você poderá ver uma lista de artigos sobre a dieta keto.

Está na hora de mudar pra melhor. Supersaúde!

Referências bibliográficas:

  • Peito de Peru ou Peito de Frango? Qual o Melhor?www.DrRondo.com
  • Yukino Ogawa, Chika Miyoshi, Nozomu Obana, Kaho Yajima, Noriko Hotta-Hirashima, Aya Ikkyu, Satomi Kanno, Tomoyoshi Soga, Shinji Fukuda, Masashi Yanagisawa. Gut microbiota depletion by chronic antibiotic treatment alters the sleep/wake architecture and sleep EEG power spectra in mice. Scientific Reports, 2020; 10 (1) DOI: 10.1038/s41598-020-76562-9.
  • University of Tsukuba. “Gut microbes: a key to normal sleep.” ScienceDaily. ScienceDaily, 30 November 2020.
< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *






















                           Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link