Colágeno: 10 Indicações para Melhorar a Saúde

O colágeno nos dias atuais recebe todos os holofotes, tornando-se o grande desejo de todos que querem se manter com aparência rejuvenescida, cabelos viçosos e unhas fortes.

Porém, o colágeno é muito mais do que isso, com uma variedade enorme de benefícios externos e internos à saúde.

É a proteína mais abundante, que confere o suporte estrutural ao corpo, sendo a substância primária do tecido conjuntivo.

Está presente na pele, ligamentos, cartilagem, ossos e dentes.

O papel do colágeno no envelhecimento

Com o envelhecimento, vamos perdendo naturalmente a capacidade de produzir colágeno.

É algo visível na nossa pele, que se torna flácida e enrugada.

Outros fatores que aceleram essa degradação inclui os raios ultravioleta do sol, estresse e toxinas nos alimentos e na água. Fumar e seguir uma dieta rica em açúcar e alimentos processados ​​também contribuem para isso.

Por outro lado, os antioxidantes desempenham um papel protetor contra essa degradação e apoiam a formação e incorporação de colágeno em vários tecidos.

A vitamina C é o antioxidante mais importante para proteção e aumento da sua produção, seguido da coenzima Q10 e a vitamina E.

Tipos de colágeno

Basicamente são 16 os tipos de colágeno no corpo humano. Eles têm em comum unicamente uma sequência repetitiva de glicina-prolina-hidroxiprolina, que desempenham papéis estruturais fundamentais no corpo.  

Os mais comuns são:

Tipo I. Corresponde a mais de 90% do colágeno do nosso corpo. Ajuda a formar ossos, tendões, ligamentos, vasos sanguíneos, órgãos como coração, rins, fígado, trato gastrointestinal e pele. Responsável pela cicatrização de feridas, firmeza e elasticidade da pele.

– Tipo II.  É fibroso e encontrado na cartilagem, ajudando na melhora das articulações e qualidade de pele.

Tipo III.  É encontrado junto com o tipo I no corpo, conferindo elasticidade e firmeza à pele.

Tipo IV. Presente especialmente nos tecidos musculares e adiposos

Tipo V. Encontrado na superfície das células, cabelo e placenta. 

Tipo X. Colabora na formação óssea e no crescimento, desenvolvimento e remodelação da cartilagem articular.         

Fontes alimentares

O colágeno vem de diferentes fontes de alimentos ricos em proteínas, cada um com benefícios exclusivos, a saber:

Bovinos

Principalmente fonte do tipo I e do tipo III. Promovem maior produção de auto colágeno, creatina e crescimento muscular. Ricos nos aminoácidos glicina e prolina.

Peixes

Fornecem o tipo I, de fácil absorção, beneficiando a digestão, órgãos, vasos sanguíneos, ossos, articulações e pele. Abundante nos aminoácidos glicina, prolina e hidroxiprolina.

Ovos

Presente na casca e na clara dos ovos. Eles contêm diversos tipos, mas o principal é o tipo I. É útil para construir tecido conjuntivo, massa muscular e curar feridas. Reduz dores e a rigidez articular. O colágeno de ovo fornece sulfato de glucosamina, sulfato de condroitina, ácido hialurônico e outros aminoácidos.

Frango

É o mais rico no tipo II, benéfico para a saúde das articulações e efeitos antienvelhecimento. Fornece sulfato de condroitina e glucosamina.

Benefícios do colágeno à saúde

1. Suporta um metabolismo saudável

Fornece ótima quantidade de aminoácidos específicos, a saber:

Glicina

Age na formação do tecido muscular, especialmente massa magra, e auxilia na conversão de nutrientes essenciais.

Arginina

A partir de outros aminoácidos aumenta a capacidade do corpo de produzir proteínas.      

– Glutamina

Fornece carbono e óxido nítrico, que são importantes para a construção e manutenção muscular. Além disso, gera combustível para manter os níveis energéticos.

Além disso, o colágeno oferece fornece cofatores como glucosamina, sulfato de condroitina, ácido hialurônico e minerais eletrolíticos essenciais, importantes para um metabolismo saudável. 

2. Estimula o emagrecimento

Promove a liberação dos hormônios da saciedade na corrente sanguínea, o que pode ajudar a reduzir o apetite, facilitando seus esforços.  

De acordo com um estudo comparativo, o colágeno é 40% mais saciador do que outras proteínas em pó como soro de leite, caseína ou proteína de soja.

Porém, isso só é possível quando se usa um colágeno em pó, de alta qualidade.

3. Repara e cura intestino poroso

O intestino inflamado, aonde há hiperpermeabilidade intestinal, permite que partículas e toxinas de alimentos não digeridos possam passar para a corrente sanguínea. Consequentemente o sistema imunológico reage intensamente, causando inflamação crônica.

Nestes casos o colágeno promove reparação do intestino, pois seus aminoácidos, em especial glicina e glutamina, selam os orifícios do intestino, curando células danificadas e construindo novos tecidos.

4. Fortalece ossos, dentes e unhas

Cerca de 1/3 do colágeno estão nos ossos, promovendo fortalecimento e flexibilidade dos mesmos.

Ele age estimulando os osteoblastos, as células que formam o osso, e segundo vários estudos, pode prevenir e até mesmo reverter a osteoporose.  

Mantém os dentes e o tecido gengival saudáveis.

Previne unhas quebradiças e estimula o crescimento ungueal.

5. Melhora a qualidade da pele e do cabelo

Aproximadamente 70% da proteína em nossa pele é feita de colágeno, que ajuda a renovar e reparar as células. 

É um dos raros suplementos antienvelhecimento que tem suas alegações comprovadas.

Tem característica única que ajuda na renovação e reparo celular garantindo uma boa integridade, elasticidade e hidratação de pele, promovendo uma aparência jovem

Isso porque age na formação da elastina e outros compostos da pele, como o ácido hialurônico, que por conter água, forma uma substância semelhante a um gel que hidrata a pele e os cabelos.

É essencial para estimular o crescimento de novos fios mais saudáveis, pois faz parte das células-tronco do folículo capilar.

O colágeno do cabelo também lhe dá estrutura e elasticidade. Quando não há o suficiente, o cabelo fica fraco, quebradiço e sem viço.

6. Reduz a celulite e estrias

Reduz o aparecimento de celulite e estrias, por manter elasticidade, espessura e sustentação da pele.

Com isso, oculta as células de gordura sob a pele e reduz o aparecimento de celulite e estrias.

7. Mantém o coração saudável

É a proteína mais abundante no coração, dando estrutura para as células da musculatura cardíaca, rigidez às paredes do coração e auxilia a contração cardíaca saudável.     

Além disso, mantém os vasos sanguíneos fortes, e ajuda a eliminar os depósitos de placas e reparar o tecido das artérias.

8. Protege e desintoxica o fígado

Promove desintoxicação e redução dos danos ao fígado causados ​​por toxinas, graças a alta concentração de glicina.

Além disso, minimiza os danos causados ​​pelo álcool.

9. Repara e fortalece articulações, tendões e ligamentos

Tem a característica semelhante a um gel, que recobre nossas articulações e juntas, garantindo movimentação com mais facilidade.

Auxilia o corpo a produzir sulfato de condroitina e glucosamina, promovendo reparação de articulações e regeneração de cartilagem.

O mesmo ácido hialurônico que age na pele, aqui, promove:

  • a formação de um gel que envolve os tecidos ao redor dos nervos e é encontrado no líquido sinovial entre as articulações.
  • lubrifica as articulações, servindo como um “amortecedor”.
  • estímulo aos condrócitos para produzir novo tecido de colágeno e mucopolissacarídeos (glicosaminoglicanos) para manter as articulações amortecidas e lubrificadas.

Há diversos estudos mostrando que o colágeno melhora a dor e a mobilidade das articulações de atletas, em casos de osteoartrite e artrite reumatoide.

10. Promove sono de qualidade

O uso de colágeno à noite melhora a qualidade do sono, pois ele é rico em glicina, que tem ação importante na modulação do cortisol à noite e ajuda a promover o relaxamento saudável. É mais um aliado para aqueles que enfrentam problemas para pregar os olhos.

Você sabia que o colágeno era capaz de tudo isso? Então, fica a dica. Aproveite essa maravilha da natureza para conquistar uma Supersaúde!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




























               Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link