Alimentação

Chá de Hortelã: Será que é mesmo tão Saudável Assim?

O chá de hortelã é essencialmente uma bebida feita a partir de folhas frescas da planta de hortelã. Ela não contém cafeína, pois não pertence à família camélia sinensis de plantas utilizadas para chá.

Tem sabor doce em consequência dos flavanoides contidos nas folhas como limoneno, hortelã L-Carvone e mentol.Contém vitaminas do complexo B, cálcio e potássio, além de óleos essenciais.

É essencialmente uma bebida feita por fermentação de folhas frescas da planta de hortelã em água fervente. Isso contrasta com outros tipos de chá, que são preparados principalmente usando folhas secas.

Benefícios:

  • Reduz desconforto gástrico, náusea, vomito, cólicas abdominais, além de melhorar o esvaziamento gástrico. Indicado também para melhorar esses sintomas em pacientes que passam por quimioterapia.
  • Alivia a rinite alérgica por inibição da liberação de histamina;
  • Seu perfume, pela presença de limoneno, ajuda a aumentar a atividade dos neurotransmissores, resultando em melhoras da memória, concentração e vigilância;
  • Inibe o crescimento de tumor prostático, por conter mentol;
  • Inibe a proliferação da herpes tipo 1;
  • Expectorante e descongestionante;
  • Energizante e tônico. Pode ter um efeito estimulante no sistema nervoso;
  • Reduz manifestações de asma induzida por agentes químicos;
  • Alivia espasmos musculares e dores;
  • Melhora o sistema imunológico;
  • Tem propriedades antimicrobianas que podem funcionar contra uma ampla variedade de fungos e bactérias patogênicos, segundo estudo publicado no Flavour and Fragrance Journal;
  • Ação anti-inflamatória, segundo publicação no Journal of Medicinal Food;
  • Alivia sintomas da síndrome do ovário policístico, pelo seu efeito antiandrogênico, melhorando o hirsutismo (crescimento indesejado de pelos com padrão masculino).

Cuidados como consumo do chá de hortelã

De acordo com os dados publicados, o chá de hortelã pode ter um efeito positivo no seu bem-estar geral, porém há situações que requerem cautela do seu consumo, pois quantidades excessivas podem causar:

  • Danificar o útero em gestantes ou em fase de amamentação;
  •  Danos renais;
  •  Lesões hepáticas.

Portanto, lembre-se: cuidado com os excessos. Eles podem causar problemas, mesmo quando estamos falando de produtos naturais como a hortelã.

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *