CBD Reduz a Ansiedade sem Risco!

A ansiedade é a doença mental mais comum do mundo moderno, atingindo cerca de 18% da população. Com isso, vivemos uma epidemia de prescrições de opioides, uma medicação extremamente viciante, podendo levar a consequências potencialmente letais. E se você estiver tomando associações de benzodiazepínicos, o que tem sido muito comum, seu risco de overdose letal aumenta cinco vezes.

Esse alerta felizmente tem motivado muitos pacientes procurarem opções de tratamento que sejam até mais eficazes e mais seguros, sem necessidade de drogas químicas.

Tenho recebido naclínica muitos pacientes procurando uma terapia natural para tratar sua ansiedade, apresentando estresse importante, irritabilidade, agitação, insônia e até ataques de pânico, que já vem persistindo por um bom tempo.

O que eles têm em comum é que são inflexíveis para não tomar os remédios controlados, mesmo com toda divulgação de que são seguros e eficazes. Realmente essas medicações causam efeitos colaterais negativos como:

  • Tontura, Náusea, Sonolência, Confusão mental e Perda de memória;
  • Visão embaçada, Fala arrastada, Dor de cabeça e Alucinações;
  • Ansiedade e Depressão;
  • Diminuição do desejo sexual;
  • Aumento do risco de morte.

Para ilustrar isso, veja o que alguns estudos mostram…

Publicação no British Medical Journal, em 2014, mostrou o monitoramento de cerca de 35.000 pessoas que usaram estas medicações, observando-se mais que o dobro do risco de morte em comparação dos que não tomaram.  

E os que tomaram por cerca de 90 dias tiveram um risco de morte elevado para 451%.

Portanto, o uso de remédios naturais mais uma vez se mostra não só seguro, mas eficiente também. E hoje, o grande pesadelo da indústria farmacêutica chama-se CBD, o Canabidiol, originário da planta Cannabis sativa. Trata-se de um óleo natural usado há mais de 6.000 anos.

Ação anti-ansiedade do CBD

O CBD tem a capacidade de atravessar a barreira hematoencefálica, se ligando aos receptores endocanabinóides no cérebro, melhorando a saúde neurológica e reduzindo a ansiedade.

Uma metanálise avaliou o potencial do CBD como tratamento para transtornos relacionados à ansiedade. As evidências clínicas mostram efeito benéfico nos tratamentos de transtorno do pânico, como nos casos de ansiedade social, transtorno obsessivo-compulsivo e em estresse pós-traumático.         

Em outro estudo, compararam os efeitos de uma simulação de falar em público, mostrando melhoras significativas na parte cognitiva a ansiedade e o desconforto no desempenho da fala.         

Numa outra publicação os pesquisadores pediram aos que sofriam de Transtorno de Ansiedade Social para falar na frente de uma grande audiência. Eles foram monitorados em diferentes momentos do discurso, aonde se avaliou a pressão sanguínea e a frequência cardíaca.

Então, compararam os níveis de ansiedade daqueles que tomaram CBD com aqueles que receberam um placebo ou nada, e concluíram que os que tomaram o cânhamo relataram significativamente menos ansiedade.      

Em uma publicação na Frontiers in Pharmacology, os pesquisadores deram CBD a ratos que foram expostos a condições traumáticas, os quais exibiram um nível mais baixo de medo do que o grupo controle.

Já o departamento de psiquiatra da Universidade de Nova York está realizando ensaio clínico para testar o CBD em transtorno moderado ou grave ao uso de álcool.           

Com estas e outras publicações os cientistas entendem que o CBD funciona para aliviar o estresse, pois:

  • aumenta o sinal dos receptores de serotonina 5-HT1A nas células cerebrais, regulando o humor e a sensação de bem-estar.
  • eleva o neurotransmissor cerebral GABA (ácido gama-aminobutírico), produzindo um efeito calmante.

Portanto, se você sofre com a ansiedade e quer uma opção mais natural e que funcione, converse com seu médico sobre isso. Ele poderá lhe orientar na melhor forma de aproveitar o CBD. Supersaúde!

Referências bibliográficas:

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




























               Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link