CBD: a Resposta para a Fibromialgia?

Seria essa mais uma esperança para as pessoas que sofrem com a fibromialgia?

Geralmente, essa condição de dor crônica é um grande incômodo para milhares de indivíduos.

Eles buscam alívio como podem, mas nem sempre conseguem. Em alguns casos a dor é tão intensa que nem os analgésicos são capazes de ajudar.

Muitas vezes acaba se apelando para remédios fortíssimos pra dores, até mesmo aqueles com opioides, que podem trazer algum alívio – porém, com riscos embutidos e efeitos colaterais perigosos.

Felizmente, a ciência vem trabalhando com novas descobertas, mais naturais, que parecem estar ajudando.

É o caso do canabidiol, ou CDB, o óleo retirado da cannabis.

Ele não tem os compostos psicoativos da planta e oferece benefícios para várias condições de saúde, por se ligar a receptores bioquímicos do nosso corpo.

Os resultados para as dores vêm impressionando a comunidade científica.

Mas o CDB não é bem uma novidade…

Na verdade, ele é usado há mais de 6.000 anos, tanto a medicina Ayurveda quanto a chinesa.

Essas, que são as formas mais antigas de medicina, já o utilizavam para tratar de tudo, desde pressão alta e câncer, até disfunção sexual e, é claro, dores.

No primeiro livro de medicina existente no mundo, o Papiro de Ebers, já se descreviam seus benefícios.

A ciência moderna está apenas redescobrindo e confirmando o que os antigos já sabiam.

CDB e fibromialgia

Recentemente, pesquisadores da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, entrevistou mais de 800 pessoas que tinham fibromialgia e usaram o CDB.

Esses indivíduos relataram melhores nas dores, e mais…

70% deles disseram que os sintomas reduziram tanto que eles largaram ou ao menos reduziram o uso de analgésicos e medicamentos opioides.

De fato, trocar remédios químicos por algo natural e sem efeitos colaterais é o melhor que se pode fazer…

Ainda mais para aliviar uma dor com a qual se tem que conviver no dia a dia.

E esse não é o único estudo sobre o uso do CDB para a fibromialgia.

Uma pesquisa publicada no Clinical and Experimental Rheumatology acompanhou 102 pacientes com fibromialgia durante 6 meses.

Nesse período, eles fizeram o uso do CDB.

Ao fim, 33% dos voluntários disseram sentir melhoras nas dores, fadiga e rigidez.

E quase a metade deles também interrompeu ou reduziu o uso de analgésicos, assim como as pessoas desse estudo mais recente!

Tratando a fibromialgia naturalmente

Além do eficiente uso do CDB, há outras alternativas para garantir maior bem-estar àqueles que sofrem com a fibromialgia, como:

  • Exercícios aeróbicos e alongamento, que comprovadamente reduziram as dores de pessoas com fibromialgia.
  • Acupuntura, que age direto nos pontos de dor.
  • Tomar sol, o que aumenta sua produção de vitamina D e melhora a saúde em geral, reduzindo também alguns dos sintomas desse problema.
  • Mudança alimentar: Muitas pessoas com fibromialgia apresentam alergia alimentar e têm redução dos seus sintomas pela eliminação de alimentos prejudiciais, como: milho, trigo, laticínios, cítricos, soja e nozes.
  • Fitoterápicos como a valeriana e a ginkgo biloba podem ajudar, mas use apenas sob orientação médica.

Supersaúde!

Referências bibliográficas:

  • Kevin F. Boehnke, Joel J. Gagnier, Lynne Matallana, David A. Williams. Substituting Cannabidiol for Opioids and Pain Medications Among Individuals With Fibromyalgia: A Large Online Survey. The Journal of Pain, 2021; DOI: 10.1016/j.jpain.2021.04.011
< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *






















                           Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link