Causas ocultas do mau hálito

Nada mais constrangedor do que se flagrar com mau hálito no meio de uma conversa. E ao contrário do que se pensa, nem sempre a halitose tem como causa a higiene bucal. Ela pode resultar de uma alimentação pobre em vegetais verdes, digestão deficiente, desequilíbrios intestinais, jejum prolongado e dietas. Problemas como diabetes, infecções, estresse e ansiedade também causam mau hálito. O primeiro passo, portanto, é buscar junto ao médico seus verdadeiros motivos. Além disso, alguns cuidados podem ajudar.

  1. Beber muita água – água com limão, em jejum, acelera a desintoxicação.
  2. Aumentar o consumo de vegetais crus e reduzir a ingestão de carnes, frituras e doces.
  3. Usar suplementos de vitaminas, fibras e substâncias que reequilibram o sistema digestório. Os principais são: clorofila; vitamina C com bioflavanóides; enzimas digestivas; acidófilos; zinco; complexo B; vitamina A e carotinóides; e psylium husks.

Quente, úmida e rica em nutrientes, a boca é propícia para as bactérias, que se reproduzem aos milhões. De seu ciclo normal de crescimento e morte, resultam substâncias de odor desagradável. Lavar a boca com mais freqüência ajuda a controlar o problema.

< Artigo AnteriorPróximo Artigo >

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




























               Clique aqui para saber mais detalhes >




 
close-link
close-link