Férias: porque ter mais medo de germes do que de andar de avião

As férias estão aí, e se você estiver viajando nesse período, fique atento ao que eu vou te dizer. Enquanto muita gente tem medo de andar de avião, eu ficaria mais preocupado com outra coisa: os germes aos quais ficamos expostos durante as viagens.Você tem que lutar contra as multidões das pessoas, e se estiver voando, pode esperar ser tratado como uma sardinha espremida em uma lata voadora… Mas a pior parte não é o espaço apertado, com assentos minúsculos e o espaço para as pernas que tem desaparecido rapidamente; não é a criancinha malcriada que está reclamando na fileira próxima e nem mesmo é o cara atrás de você, que continuamente fica batendo no seu assento com os seus joelhos. Ah! E também não é o outro cara, dormindo do seu lado, quase deitando em seu ombro…

Corte o açúcar e reduza o risco de Cataratas

Você sabia que os seus olhos utilizam o excesso de açúcar estocando-o na lente, o que mais cedo ou mais tarde ofusca a sua visão? Portanto, meu conselho para reduzir mais ainda o seu risco de catarata é: cortar o máximo de açúcar que você puder.Os pesquisadores já descobriram que uma parte da causa de cataratas é a lente do olho tentando “ajudar” o corpo a reduzir o açúcar sanguíneo elevado, estocando-o. O problema é que isso gradualmente obscurece a visão. Então, não é de se surpreender que as pessoas com diabete tipo 2 tenham uma incidência muito maior de cataratas do que as pessoas com níveis normais de açúcar sanguíneo.

Viajar de avião na classe econômica causa trombose?

Talvez você já tenha ouvido falar da “Síndrome da Classe Econômica”. Acreditava-se que passageiros de avião que ficavam em espaços mais reduzidos, como nas poltronas da classe econômica, teriam maior risco de desenvolver trombose de membros inferiores. Como eu sempre costumo dizer, é preciso que a coisas sejam comprovadas cientificamente… e parece que a história não é bem essa.Segundo estudo publicado na Revista “Chest”,a classe na qual se viaja nos aviões não tem diferenças nos riscos de desenvolvimento de coágulos, ou seja, tanto faz se você vai apertado na classe econômica ou espaçoso na primeira classe. Os pesquisadores responsáveis pelo estudo fizeram uma longa revisão na literatura e concluíram que não há evidências que comprovem cientificamente que viajar “mais apertado” cause trombose.

Óleo de eucalipto citriodora: faça seu próprio repelente natural

Somente 1/3 dos repelentes do mercado são seguros. A maioria contém substâncias tóxicas, como o DEET que tem se mostrado lesivo ao cérebro e sistema nervoso.Por outro lado, o óleo de eucalipto citriodora é um repelente natural biopesticida. Usado por muitos anos na China como repelente de mosquito, só na década de 1990 começou a ser valorizado na América. É um óleo natural obtido da goma perfumada (limão) do eucalipto (eucalipto citriodora ou corynibiacitriodora), cujo nome vem do latim.

Zika vírus e microcefalia: estado de emergência de saúde pública

Às vésperas do verão, a população assiste impotente à proliferação do mosquito Aedes Aegypti, causando uma epidemia de Zika vírus, mais mortal do que nunca. Como se isso já não fosse problema o bastante, o mosquito também causa a Chikungunya e Dengue. Enquanto há crescente número de notificações de casos de Zika, as autoridades não conseguem controlar o mosquito.A equação do problema é: o saneamento básico precário, coleta de lixo inadequada, impermeabilização das cidades, além de calor e umidade. Tudoo que a larva precisa para se proliferar! Em relação à Dengue, tivemos um aumento de 79% de casos de mortes em relação ao ano passado.

Mineralograma: o Exame de Cabelo que descobre se há metais tóxicos no seu corpo!

Diferenciar nutriente e tóxico é, muitas vezes, arbitrário. Há nutrientes que podem tornar-se tóxicos, dependendo da quantidade fornecida ao organismo, como o oxigênio e a água, por exemplo. Como se diz em latim:“dosis sola facit venenum” – somente a dose faz o veneno. Entre os mais antigos venenos conhecidos pelo homem estão os metais pesados, que provêm de diversas fontes: ar, água, solo e alimentos.Porque hoje em dia há tanta preocupação com os metais pesados? Principalmente porque eles podem causar, simular ou potencializar diversos sintomas ou doenças, além de induzir o médico a um falso diagnóstico! O sintoma número um da presença de metais pesados no organismo é o cansaço, porque muitos desses se ligam a enzimas na membrana celular e na mitocôndria, onde a energia é sintetizada. Além disso, eles impedem a entrada dos “bons” minerais, como zinco, magnésio, manganês etc., colocando-se no lugar desses minerais.Quando isso ocorre, o funcionamento celular altera-se, perde sua eficiência e ação, gerando doenças.A simples retirada desses metais do organismo dá condições para a recuperação da saúde!

Como prevenir a Degeneração Macular?

Geralmente, as pessoas acham que quando chega a idade, os problemas de saúde são inevitáveis. Afinal de contas, o que se pode fazer quando se envelhece? Eu respondo: pode-se fazer sim muita coisa, prevenindo muitos males. E a Degeneração Macular é mais um desses exemplos. Ela é a causa mais comum da cegueira entre os idosos, mas pode ser prevenida através de um correto suporte antioxidante.A Degeneração Macular é uma condição que causa lesão progressiva no delicado centro da retina, chamado mácula. A mácula é composta por células sensíveis a luz que permitam que se vejam os objetos com clareza. Se você tem Degeneração Macular, com o passar do tempo, você vai ficando com a visão embaçada, distorcida e com uma área escura no centro da visão, o que interfere na sua habilidade de ver. Com a evolução do problema, a pessoa perde a capacidade de guiar carros, ler e reconhecer as outras pessoas, e em alguns casos, pode até ficar cego.

Autismo: há como evitá-lo?

O Autismo é uma condição complexa que tem aumentado de forma significativa: cerca de 80% em 5 anos. Precisamos ter mais consciência e melhor identificação, pois os fatores ligados ao problema são típicos do ambiente do mundo moderno em que vivemos, com desvios nutricionais causados por uma alimentação processada, comprometimento da ecologia intestinal e alta carga de tóxicos. Tudo isso deve ser corrigido e prevenido, não só nas crianças, mas nos pais, antes e durante a gravidez… no mínimo!Fatores no desenvolvimento do problema

Poluição de interiores: o perigo dentro da sua casa

Se alguém fala em poluição, você logo imagina a fumaça das chaminés das fábricas e o lixo jogado nos rios, só para citar dois exemplos. Mas, muitas vezes, nos esquecemos que a poluição está também dentro de nossas casas!A poluição de interiores, ou seja, os agressores que se encontram dentro de casa, são de 8 a 10 vezes mais responsáveis por doenças crônicas em pessoas suscetíveis do que a poluição externa. Dentro de um ambiente estamos sob constante exposição advinda de diversas fontes, ao passo que ficamos expostos à poluição externa somente 10% do tempo de nossa vida – uma exposição intermitente a produtos e de fontes limitadas.

Triglicérides: vença esse assassino escondido no seu sangue antes que seja tarde

É provável que o seu médico não pare de falar sobre a gordura. Desde a gordura na sua cintura, passando pela gordura no seu prato do jantar e até na do seu sangue. O seu médico talvez tenha mencionado os seus triglicérides para você, mas, se ele fez isso, eu aposto com você que o fez de passagem.  E porque ele não está interessado nos triglicérides?É simples: porque não há drogas para tratar triglicérides em alto nível. Por isso, não há dinheiro da indústria farmacêutica atrás das campanhas publicitárias de bilhões de dólares e médicos “controlados” para falar de triglicérides como o próximo grande vilão. Saiba que os triglicérides praticamente têm passe livre no seu fluxo sanguíneo para causar grandes danos! Embora você necessite de uma certa quantidade de triglicérides, quantidades elevadas podem levar às doenças cardíacas, enfartes, derrames e mais.